A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016


  • Ampla Visão
  • Ampla Visão

    com Manoel Afonso


14/09/2013 10:37

Mensalão: tudo dominado?

Manoel Afonso

RÓTULOS Porque os políticos dos direitos humanos enaltecem tanto o valor das vidas dos bandidos? Valeriam mais que das vítimas? Parecem viver em outra galáxia, mas o Bairro Parati não é na Suécia. Insisto: esse pessoal precisa cair na real.

Veja Mais
Corporativismo político sem limites, segue a avacalhação
Pizzas, os políticos não abrem mão delas

DELÍRIO No episódio da morte dos dois ladrões da lotérica na capital, o deputado Kemp teria questionado a necessidade da reação do policial. Mas ele estava no local? Sabe a opinião daqueles que estavam sendo ameaçados? Menos, please!

JUSTIFICATIVAS “Você conhece as favelas do Rio? Já viu a seca no Nordeste? E você acha que vou gastar dinheiro com estádios”? Resposta do Gal. Figueiredo (1983) a João Havelange que lhe havia oferecido a Copa do Mundo no Brasil.

OLHO VIVO MS sai na frente. Protetor solar terá imposto de medicamento e não mais de cosmético. Aí o preço final do produto baixará em nosso comércio. Essa tacada econômica social contra o câncer de pele é do deputado Marcio Fernandes.

EXPECTATIVA Chegando ao oitavo mês da sua gestão, Bernal ainda não apresentou oficialmente a 1ª dama da capital. Não se conhece tampouco sua equipe de trabalho e eventuais projetos na área social. Contraria assim a tradição. É estranho.

ANOTE! A justiça vai chegar ao fundo poço, segundo as previsões do veredito do caso Mensalão. Todas as especulações e previsões de bar estarão confirmadas sobre o nível e idoneidade da nossa justiça. Portanto, todas as esperanças sepultadas.

LAMENTÁVEL A oposição continua como dantes: incolor, assexuada e inodora. O silêncio cemiterial que reina no Congresso é extensivo a nossa AL e Câmaras. Nem um pio contra as bandalheiras e escândalos nacionais. Teria trocado de lado?

A PERGUNTA: O tal ‘gigante’ acordou mesmo apenas teria levantado para fazer xixi? A previsível decisão do STF será o marco para se aferir se o povo brasileiro perdeu de vez o senso de indignação entregando os pontos. Dia 18: é aguardar!

CONTRADIÇÃO O deputado Marcos Trad denuncia o desvio de R$82 milhões da Enersul feito pelo Grupo Rede, com conivência da ANEEl. Mas então aquele diploma dado à Enersul como ‘empresa modelo’ não passava de arrumação?

“BRAVA GENTE” Nossos congressistas brincam agora de fazer a reforma política, olhando evidentemente seus próprios interesses. As primeiras notícias sinalizam de que de fato não teremos mudanças substanciais em questões importantes.

QUESTÕES: O fim dos cabos eleitorais, placas, faixas, cavaletes e o envelopamento de carros seriam pontos cruciais para aperfeiçoar o sistema eleitoral? Essas são apenas questões menores de uma legislação que protege quem está no poder.

PÉROLA Se até aqui os candidatos que não respeitam a lei e são multados, pagam do próprio bolso, passariam a contar com mais uma benção oficial. As multas seriam quitadas com o dinheiro do Fundo Partidário. Incentivo à transgressão.

E VOLTA? Uns garantem que sim, outros acham que os tempos são outros e que ele ficou estigmatizado. A recente vitória na justiça eleitoral devolveu-lhe a visibilidade e já se especula em qual partido ele ingressaria para disputar o pleito de 2014.

MEMÓRIA Em que pese o escândalo que a internet mostrou, Rigo contrariou as expectativas e obteve 20.572 votos, não se elegendo por causa da legenda. Se tiver mantidas intactas suas bases eleitorais e com poder de fogo, tem chances.

NO MÉRITO Apenas Fábio Trad e Mandetta tem alcançado notoriedade nacional na Câmara Federal. Os demais se limitam a operar na liberação de emendas para suas bases eleitorais. Sem especialidade, deputado desaparece naquele grande universo.

ONTEM Quantos e quantos foram para Brasília e passaram despercebidos ao longo do mandato? Além da competência é preciso ter força no partido para missões que tenham visibilidade. Daí a tese de que a Câmara seria o cemitério de político.

TROMBADAS Comparam seu estilo político ao elefante numa sala repleta de cristais. E Bernal segue imponente, com aquele discurso rancoroso, de perseguido, fruto talvez de complexos ou traumas existenciais. Cairá antes de amadurecer?

COERÊNCIA A população espera uma reação compatível da Câmara Municipal no que tange a anunciada facada do IPTU acima da inflação. Vamos ficar atentos, um a um, quanto ao discurso e postura dos nobres vereadores. A conferir...

INCOERÊNCIA O PSDB faz vistas grossas ao seu pessoal que participa do governo da capital. O argumento de Azambuja não convence e retrata a dubiedade tucana. Aliás, o deputado integra o rol da chamada ‘oposição comportada’ na Câmara.

COBIÇA Circula nos bastidores a tese de que Geraldo Resende batalha para a união do PMDB e PT, onde seria candidato a vice de Delcídio. No caso, Simone seria candidata ao Senado. Não duvido de nada: até de mula de duas cabeças. Sei lá....

SAÚDE Impressiona a espessura do couro desse pessoal investigado pela CPI da Saúde. Visíveis as manobras para procrastinar o feito, apesar da vigilância dos deputados. Mas você conhece a história do porco liso que vaza no buraco da cerca? Sei não.

LULA Com a cerveja estocada para festejar a vitória dos mensaleiros. Costurou nos bastidores do STF para isso. Em 2005 garganteou: “A única coisa que um presidente da República pode querer é que haja justiça. Para o bem e para o mal.” É o país!

Corporativismo político sem limites, segue a avacalhação
DESAFIO Se o presidente Michel Temer (PMDB) não vetar, caso o Senado aprove o projeto bizarro da Câmara, o país irá culpá-lo e perderá o apoio das ru...
Pizzas, os políticos não abrem mão delas
NÁUFRAGO Culpando a TV Globo e o juiz federal Sergio Moro, o ex-deputado Antonio Carlos Biffi (PT) tentou no saguão da Assembleia Legislativa justifi...
Invasores das escolas, a nova aposta do PT
LUZ AMARELA Os casos do Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro, com as finanças em colapso, estão sendo considerados pelo governador de Mato Grosso do Su...
Junior Mochi, ponto de equilíbrio na Assembleia
NOSTRADAMUS Não tenho seu dom, mas prevejo: o país de 2018 será outro. As delações premiadas da Odebrecht e Andrade Gutierrez cairão como meteorito n...



LAMENTÁVEL.
Gostaria de informar que fiz um pronunciamento com referência ao mensalão.
Nossa suprema corte esta fadada a completa desmoralização, quanto aos escândalos e bandalheiras nacionais a sociedade não suporta mais, com certeza voltarão as ruas.
 
osvane Ramos em 22/09/2013 20:04:06
Quanto ao simbolo da justiça "Deusa com vendas nos olhos" talvez seja para não ver a injustiça ou fingir que não vê.
 
alci da silva em 21/09/2013 07:23:38
Também, com a equipe que o Bernal arrumou (O REFUGO DA POLÍTICA DE MARACAJU), não podia ser diferente a administração dele, convenhamos né?
Eu acho que está durando demais no poder. Quem perde é Campo Grande com um prefeitinho desse tipo.......Vamos acordar campo-grandenses!!!!!
 
LUCIMAR CARRETA em 20/09/2013 08:14:05
Concordo contigo Ricardo. Nosso TRE ...é lento por demais, parece mais o bicho preguiça. Ou fazem o que o Poder manda? O mensalão foi um tiro no pé. Além de ser uma vergonha para o país.
 
Neuci Augusta Fonseca em 20/09/2013 02:26:00
A nossa capital, poderia ser a primeira do pais a ter um 1º Valete, hoje pode.
 
Dempsey C. Silva em 18/09/2013 12:33:56
O maior câncer deste pais são os bandidos que nos governam, por isso eles cuidam dos direitos humanos dos "bandidos". Auto-proteção.
 
luiz miguel em 17/09/2013 09:30:59
Uma mulher com vestes de "deusa" e venda nos olhos, representa o símbolo da justiça; muitas vezes me interrogo se o avanço da tecnologia abrangendo todos os campos das ciências humanas não teria afetado esse velho símbolo? No mundo globalizado em termos de economia, onde as transações financeiras levam segundos para serem concretizadas; onde o transporte aéreo reduziu à metade o tempo para a travessia dos oceanos; onde a velocidade dos trens balas no primeiro mundo encurtou as distâncias entre as metrópoles. As decisões judiciais permanecem sonolentas, a mercê da vontade dos julgadores, que não mais convencem à população sobre suas reais imparcialidades. Ao cidadão, compete somente acatar a decisão judicial e ponto final.
 
benedito rodrigues da costa em 16/09/2013 09:41:54
Por acaso o articulista acima tem ideia de quando será o julgamento dos vereadores liminarmente atuantes de CG pelo TRE-MS?
Teria alguma notícia da programação desses julgamentos?
Não deveríamos começar a questionar nosso TRE???
Simples assim, fazendo a lição de casa.
Boa sorte nessas especulações
 
Ricardo Piazza em 14/09/2013 11:02:26
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions