A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016


  • Ampla Visão
  • Ampla Visão

    com Manoel Afonso


15/04/2016 10:07

Tatá Marques sob risco de multa eleitoral

Manoel Afonso

IMPEACHMENT Dependendo o resultado pode alterar o quadro destas eleições municipais. Com Temer na presidente, por exemplo, o PMDB estaria revigorado ao ocupar ministérios, autarquias, fundações e outros órgãos ligados ao Planalto.

Veja Mais
Corporativismo político sem limites, segue a avacalhação
Pizzas, os políticos não abrem mão delas

NA CAPITAL esses reflexos também podem ocorrer. Nesta semana aumentaram os rumores sobre a candidatura de André, ainda dependente também de outros fatores. Comenta-se: o impeachment ajudaria na reaproximação do PMDB com o PSDB.

A COMPARAÇÃO entre a Campo Grande de ontem e a capital de hoje é cada vez mais frequente. Segundo os vereadores em visita aos bairros, cresceu o clima de revolta por parte dos moradores. Aliás, o estado das nossas ruas é um indicativo da situação.

MARUN Se aprovado o impeachment, sairá fortalecido do episódio pela sua postura contundente contra o Planalto e o PT. O deputado aproveitou bem os holofotes da mídia para mostrar seu posicionamento. Dos nossos deputados, foi o que mais de destacou.

BALELA Os petistas alegam que a oposição dividiu o país semeando clima de ódio e discórdia. Mentira. A oposição apenas acordou para revidar-se das velhas praticas bolchevistas que o PT sempre empregou. A oposição criou vergonha e foi para as ruas.

‘ENGRAÇADO’ O PT sempre se proclamou como detentor do monopólio da verdade e da honestidade, colocando assim seus adversários na defensiva. Mas o Brasil não é constituido só de pessoas ligadas aos sindicatos e as tais centrais de ‘trabalhadores’.

FETEMS É o exemplo de mais uma entidade instrumentalizada pelo PT e para servir de escada aos projetos políticos de seus dirigentes. É como eu digo: essa contribuição sindical (um dia se trabalho por ano) é uma baita teta que o pessoal não quer largar.

‘BATINA JUSTA’ Assim ficou o presidente do CIMI, o arcebispo Don Roque Paloschi, durante a última audiência na Assembleia Legislativa. Sua alegação de que desconhecia as praticas ilegais e incitamento à violência pelo órgão não convenceram.

A IGREJA Católica precisa repensar urgentemente suas alianças com movimentos sociais que estão mais preocupados em levar vantagem política do que resolver os problemas. Depois os padres reclamam que suas igrejas estão cada vez mais vazias.

GRATIDÃO O ex-deputado Sergio Cruz tem motivos para elogiar ‘in memorian’ o ex-deputado Valdomiro. Presidente da AL, ‘Juruna’ costurou entendimento e evitou o êxito do pedido de licença para que ele fosse processado, como queria Pedrossian.

AMINÉSIA O vereador Prego voltou ao PT e é candidato a prefeito de Amambai, onde 1/3 do eleitorado é de índios. Esqueceu a fase em que não foi prestigiado por Zeca governador. E cá entre nós: confiar na unanimidade dos índios é muita ingenuidade.

CONTRA MÃO No papo com Prego achei ele um tanto quanto confuso. Admite, os familiares são contra a candidatura e confessa: após assinar a ficha foi ‘esquecido’ pela cúpula partidária. E arrematou – “sem ajuda financeira será difícil tocar a campanha.”

AH! O PODER! Nas visitas de lideranças à AL percebe-se como o ambiente eleitoral já está em crescente ebulição no interior. De tudo um pouco; do idealismo de servir a comunidade - à esperteza fincada no oportunismo de levar algum tipo de vantagem.

A DEMOCRACIA tem esse lado fabuloso tão incompreendido. Ela é formada pela mistura de ideias, intrigas, utopias e contradições próprias do homem. Não se constrói democracia só com um pensamento, pois” toda unanimidade é burra.” (N. Rodrigues)

RECONHECIMENTO Vereadores e políticos interioranos creditam à postura da imprensa - essa onda de conscientização presente nas comunidades. Se os honestos e bem intencionados se omitem, dão espaço para aqueles que adotam a ‘Lei de Gerson’.

ARMAS Os sites de notícias, os blogs, as redes sociais e a popularização dos celulares tem feito a diferença contra os abusos da administração pública. Claro que existem os excessos, mas não podem ser ignorados. Seus estragos às vezes são irrecuperáveis.

ENFIM... Esse monitoramento eletrônico exercido por qualquer cidadão do povo é uma realidade em todo o mundo. Nas ruas há uma geração de jovens andando de ‘cabeças baixas’, mas conectados e prontos para detonar imagens e notícias. Um perigo!

IMPEACHMENT Tem inspirado frases curiosas. Na chegada da senadora Gleisi Hoffmann à Curitiba, foi ‘ recepcionada’ por populares portando um cartaz com os dizeres: “Tuas plásticas melhoraram tua cara, mas não melhoraram teu mau caráter”.

TATÁ MARQUES Até recentemente o apresentador de TV evitava de falar sobre a eventual candidatura à Prefeitura da capital. Uma postura prudente e aceitável devido ao cenário político local, ainda indefinido por motivos que o leitor conhece de sobra.

ESCORREGÃO No início deste mês, ele surpreendeu ao postar no Youtube um vídeo gravado dentro de seu carro. Fala de sua possível participação nas eleições municipais de 2016 e revela que estaria liderando duas pesquisas do IPEMS e do Governo Estadual.

PENAS As tais pesquisas careciam de registro no TRE e portanto estavam fora das normas legais previstas. Até agora não há denuncia formal pela infração as normas do TSE, mas Tatá ainda corre risco de ser multado entre R$ 53.205,00 a R$ 106.410,00.

LIÇÃO O ato imprudente abordado serve de alerta a todos os envolvidos nas eleições quanto a pratica de se divulgar pesquisas a bel prazer para colher dividendos eleitorais. Mais: As pesadas multas são extensiva ao órgão veiculador e ao autor das pesquisas.

“Por que alguém pagaria tanto para ouvir uma palestra do Lula, se ele nunca sabe de nada?” (na internet)

Corporativismo político sem limites, segue a avacalhação
DESAFIO Se o presidente Michel Temer (PMDB) não vetar, caso o Senado aprove o projeto bizarro da Câmara, o país irá culpá-lo e perderá o apoio das ru...
Pizzas, os políticos não abrem mão delas
NÁUFRAGO Culpando a TV Globo e o juiz federal Sergio Moro, o ex-deputado Antonio Carlos Biffi (PT) tentou no saguão da Assembleia Legislativa justifi...
Invasores das escolas, a nova aposta do PT
LUZ AMARELA Os casos do Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro, com as finanças em colapso, estão sendo considerados pelo governador de Mato Grosso do Su...
Junior Mochi, ponto de equilíbrio na Assembleia
NOSTRADAMUS Não tenho seu dom, mas prevejo: o país de 2018 será outro. As delações premiadas da Odebrecht e Andrade Gutierrez cairão como meteorito n...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions