A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

20/11/2015 17:28

Ainda sem energia, empresas de Campo Grande já contabilizam danos

Renata Volpe Haddad
Fort Atacadista da avenida Marquês de Pombal fechou os portões por causa da falta de energia. (Foto: Simão Nogueira)Fort Atacadista da avenida Marquês de Pombal fechou os portões por causa da falta de energia. (Foto: Simão Nogueira)

Conveniência, padaria e supermercado estão sem energia desde a manhã desta sexta-feira (20), após a forte chuva que caiu em Campo Grande. Os comerciantes alegam que já contabilizaram perdas de mais de R$ 600.

Veja Mais
Após destruição, meteorologia alerta para chuva forte, granizo e vendaval
Pane em semáforos deixa trânsito confuso na Afonso Pena

A panificadora Real, localizada na avenida Eduardo Elias Zahran, está sem energia desde 5h da manhã e bolos, doces e salgados precisaram ser jogados fora.

Segundo o gerente César Augusto Ortiz, precisou ser jogado no lixo, quatro bolos, doces e alguns salgados. "Estamos só com meia fase e já jogamos muita coisa fora. Os salgados estão vindo de outras padarias da rede e o dono contabiliza uma perda de mais de R$ 600", comenta.

Panificadora já jogou quatro bolos fora, além de salgados e doces que estragaram. (Foto: Simão Nogueira)Panificadora já jogou quatro bolos fora, além de salgados e doces que estragaram. (Foto: Simão Nogueira)

 

 

 

Na mesma avenida, na conveniência Mix, os gelos estão derretendo e as bebidas esquentaram. De acordo com um funcionário da loja que preferiu não se identificar, a conveniência está apenas com meia fase, desde o início da manhã desta sexta-feira. "No freezer tem 50 sacos de gelo que estão descongelando, mas o dono já pediu para levar a mercadoria para a outra filial", avalia.

Outro prejuízo da conveniência são os salgados que não puderam ser assados durante o dia. "Muita gente vem comprar salgado aqui e o que vendemos, foi o que deu para assar antes da chuva. Agora a gente dispensa cliente porque não tem mais salgado para vender", informa.

O Fort Atacadista da avenida Marquês de Pombal, fechou os portões mais cedo por causa da falta de energia. 

Energisa - Por meio de nota, a Energisa informou que, por conta do temporal e fortes ventos desta sexta-feira, alguns pontos espalhados pela Capital apresentam interrupções no fornecimento de energia.

Neste momento, a maioria das ocorrências está concentrada em ruas dos bairros São Conrado, Maria Aparecida Pedrossian e Moreninha. Contudo, nenhuma região da cidade está sem energia em sua totalidade.

Conforme a assessoria da Energisa, para minimizar o impacto aos clientes e restabelecer o fornecimento de energia o mais rápido possível, o plano de contingência da concessionária foi acionado logo na madrugada, disponibilizando mais de 60 equipes em campo.

Vale ressaltar que em hipótese alguma, a população deve se aproximar de regiões com árvores caídas ou fios soltos. Nestes casos, o cliente deve ligar imediatamente para a Energisa Mato Grosso do Sul pelo Canal de Atendimento – 24 horas: 0800 722 7272.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions