A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Setembro de 2016

15/06/2014 14:31

Álbuns e figurinhas já representam 60% de faturamento de banca

Caroline Maldonado
O local é um tradicional ponto de encontro (Foto: Pedro Peralta)O local é um tradicional ponto de encontro (Foto: Pedro Peralta)
Enquanto os filhos fazem um lanche, Renato confere os números das figurinhas que faltam para completar o terceiro álbum da família (Foto: Pedro Peralta)Enquanto os filhos fazem um lanche, Renato confere os números das figurinhas que faltam para completar o terceiro álbum da família (Foto: Pedro Peralta)

Os álbuns de figurinhas são responsáveis por até 60% do faturamento da banca Santa Fé, na avenina Mato Grosso. O local apostou nos colecionadores, virou um tradicional ponto de encontro deles e o movimento só cresce nas reuniões aos sábados, domingos e feriados, das 8h às 18h. "Na outra Copa, cerca de 200 pessoas passaram por aqui, agora já teve mais de 300 pessoas, durante os últimos encontros”, afirma o proprietário, Douglas Vinícius Gemelio de Souza, 26 anos.

Veja Mais
Refrigerante de erva mate e palestra foram novidades em feira de negócios
Em queda de 0,5%, dólar comercial fecha cotado a R$ 3,23 nesta terça-feira

O dono conta que são vendidas mais de 7 mil pacotes de figurinhas durante a semana, já aos sábados e domingos são cerca de 3 mil. Além de trocar, muitos compram e vendem, entre si, as figurinhas, no desespero de completar o álbum da Copa do Mundo. Na banca, um pacote com cinco figuras custa R$ 1,00.

Segundo Douglas os colecionadores dão lucro o ano todo, pois além do álbum da Copa do Mundo, há diversos outros de personagens de desenhos animados e o mais procurado, o do Campeonato Brasileiro de Futebol. “Quando comprei a banca, em 2010, já era tradição o encontro para troca de figurinhas. De lá para cá, já aumentou o número de participantes."

Nesta época de Mundial, para aproveitar o dia, vale levar cadeirinhas, água e um lanche. Dentre os adeptos do troca-troca há pessoas de todas as idades, mas a maioria participa em família. “Para quem gosta de estar com os filhos é uma oportunidade de tirar um tempo para fazer a vontade deles e acaba sendo bom pra gente também, porque lembramos da infância”, conta o motorista Juscelino Ribeiro de Sousa, que levou os dois filhos para o encontro hoje (15).

O filho mais velho Thiago Ribeiro dos Santos, 11 anos, já conseguiu completar o álbum, mas diz que vai continuar ali até conseguir mais figurinhas para o álbum do irmão Rafael Ribeiro dos Santos, de 6 anos. “Faltam 80 figurinhas para o álbum dele, mas a gente vai conseguir”, afirma Thiago, entusiasmado.

A advogada, Nádia Talayeh dos Santos participou hoje, pela terceira vez, do encontro junto aos dois filhos, Renan e Renzo, e o esposo Renato Rodrigues dos Santos. Quando um dá uma descansada na cadeirinha portátil ou vai comprar uma água, os outros continuam no plantão em busca das figurinhas que faltam para completar mais um álbum. “Já virou o passeio de domingo. Da última vez ficamos aqui até escurecer. Já fechamos um álbum, falta uma figurinha para o outo e agora o desafio é terminar o álbum de capa dura, antes de a Copa acabar”, conta.




Complementando dados da reportagem, informamos que as trocas de figurinhas são realizadas nos domingos e feriados das 08:00 as 18:00hs.
Durante o período da Copa do Mundo, o horário de expediente da banca aos sábados está sendo das 07:00 as 13:00hs.
Agradecemos a compreensão de todos.
Douglas/Cleusa&Messias
Banca Santa Fé
 
Cleusa Maria Gemeli de Sousa em 16/06/2014 14:35:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions