A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Setembro de 2016

12/04/2016 14:45

Após 12 meses, exportações de industrializados têm queda de 24% em março

Mariana Castelar
Após 12 meses de alta, exportações de produtos industrializados no Estado registrou queda de 24% em relação ao mesmo período do ano passado (Foto: Fiems)Após 12 meses de alta, exportações de produtos industrializados no Estado registrou queda de 24% em relação ao mesmo período do ano passado (Foto: Fiems)

As exportações de produtos industrializados de Mato Grosso do Sul tiveram queda de 24% em março, em relação ao mesmo período do ano passado, saindo de US$ 272 milhões para US$ 206,5 milhões. A queda acontece depois de 12 meses de alta. Os dados foram informados pelo Radar Industrial da Fiems (Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul )

Veja Mais
Fiems estima crescimento de 11,5% no PIB industrial do Estado em 2016
MS demitiu 1.180 trabalhadores da indústria em setembro, segundo Fiems

Se comparado ao acumulado de janeiro e março de deste ano, com o mesmo período de 2015, a redução foi de 4,2%, saindo de US$ 722,3 milhões para US$ 692,2 milhões.

Já em relação ao volume, na comparação de março deste ano com março do ano passado, a queda foi de 29,7%, diminuindo de 880.703 toneladas para 618.800 toneladas, enquanto no acumulado do ano de 2016 a redução foi de 4,75% na comparação com o mesmo período de 2015, caindo de 2.159.825 toneladas para 2.057.34 toneladas.

Segundo o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende, de janeiro a março, os principais destaques ficaram por conta dos grupos Papel e Celulose, Complexo Frigorífico, Óleos Vegetais, Açúcar e Etanol, Couros e Peles e Extrativo Mineral, que, somados, representaram 97,1% da receita total das vendas sul-mato-grossenses de produtos industriais ao exterior.

Destes, o que teve o maior aumento foi Óleos Vegetais, que fechou o período de janeiro a março de 2016 com um aumento de 73% e registrou US$ 60,9 milhões.

Com um recuo de 52,5%, o grupo Extrativo Mineral foi o que teve a maior queda. O valor alcançado no período foi de US$ 22,9 milhões, enquanto no mesmo período do ano passado foi registrado US$ 48,3 milhões.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions