A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Setembro de 2016

11/07/2016 11:41

Após ações de incentivo, cresce importações por terminal alfandegário

Priscilla Peres
Uso de terminal de cargas de Campo Grande permite desembaraço de cargas tanto a exportar, quanto importar. (Foto: Infraero / Divulgação)Uso de terminal de cargas de Campo Grande permite desembaraço de cargas tanto a exportar, quanto importar. (Foto: Infraero / Divulgação)

Entre maio e junho, houve um leve aumento na quantia de produtos importados que passam pelo Terminal de Logística de Carga do Aeroporto de Campo Grande. Foram 385 toneladas, contra 381 toneladas registradas no mesmo período de 2015.

Veja Mais
Entidades promovem ações para aumentar uso de terminal alfandegário da Capital
Entidades assinam termo para ampliar uso do terminal alfandegário de MS

Durante o primeiro semestre do ano, o terminal registrou 739 toneladas importadas. Apesar de discreto, o aumento mostra que mais empresários estão utilizando o terminal de Campo Grande para realizar operações.

De acordo com a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), nos dois meses aumentou a movimentação de clientes e outros dois novos começaram a operar no terminal. Começaram a importar um empresário do setor de alimentos e outro de produtos e equipamentos médico-hospitalares.

“É satisfatório observar o crescimento da nossa atividade de importação, e estamos buscando alavancar ainda mais esse resultado por meio das visitas aos clientes, da divulgação dos serviços que oferecemos em nosso terminal alfandegado e da qualidade dos serviços prestados”, afirmou Katiuscia Ribeiro, coordenadora de Negócios em Logística de Carga do Aeroporto de Campo Grande.

Incentivo - Em fevereiro deste ano, o governo do Estado, a Fiems (Federação da Indústria de MS) e a Infraero firmaram um acordo de cooperação para incentivar a utilização do terminal de cargas por empresários sul-mato-grossenses, interessados em operações de importação e exportação por meio do aeroporto.

Na época, as autoridades justificaram que a maioria dos empresários não sabia da existência do terminal, então foram realizadas ações, eventos e divulgação dos benefícios da alfândega do terminal.

Entre os benefícios da utilização do posto alfandegado pelos investidores locais é a possibilidade de fazer o desembaraço de carga em Campo Grande mesmo, tanto de cargas a exportar, quanto importar. Além disso, há vantagens em relação ao tempo que se leva para liberar mercadorias para entrada ou saída do país.
De acordo com a Infraero, esse procedimento leva, em média, 14 dias para ocorrer no porto de Santos. No entanto, em Campo Grande, não passa de três dias.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions