A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 01 de Outubro de 2016

02/02/2016 17:52

Após dois meses, casa de carnes paga parte da rescisão de demitidos

Mariana Rodrigues
Seis lojas da unidade foram fechada só restando duas na Capital. (Foto: Gerson Walber)Seis lojas da unidade foram fechada só restando duas na Capital. (Foto: Gerson Walber)

A Casa de Carnes Regional começou a pagar os cerca de 20 funcionários demitidos no fim do ano passado, após o fechamento de seis açougues da rede em Campo Grande. A empresa pagou parte da rescisão trabalhista em dinheiro e o restante será recebido mediante ação judicial.

Veja Mais
Casa de Carnes fecha 5 unidades e demite sem pagar 13° e rescisões
Dólar comercial fecha a semana em alta e cotado na venda a R$ 3,25

Segundo o presidente do SECCG (Sindicato dos Empregados no Comércio de Campo Grande), Idelmar da Mota Lima, o sindicato acionou sua assessoria jurídica para entrar com ação em favor dos empregados. "A intenção da empresa é chegar a um acordo de parcelamento de pagamento dos direitos dos empregados. O parcelamento só é possível por intermédio de acordo judicial e não por intermédio direto do sindicato", afirma.

Na tarde de ontem (1), todos os funcionários demitidos receberam uma parcela em dinheiro e a regularização da dispensa de todos eles, sem justa causa. Agora, o sindicato poderá requerer na justiça o direito de cada um dos empregados de retirar o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), que foi depositado esta semana e também dar entrada no seguro-desemprego. “Isso vai ajudá-los a pagar suas dívidas e tocar a vida nesse começo de ano”, diz o sindicalista.

Idelmar informou também que o proprietário da Casa de Carnes se mostrou interessado em resolver o problema de todos os funcionários e atribuiu à crise econômica do país o fechamento das unidades. Atualmente apenas duas lojas permanecem abertas.

Caso - Em janeiro, os trabalhadores demitidos da Casa de Carnes Regional denunciaram que estavam há um mês sem conseguir homologar suas rescisões. Os ex-funcionários relataram na época, que receberam proposta, por parte da empresa, de receber o valor da rescisão parcelada em seis vezes.

Além dos demitidos, funcionários da Casa de Carnes relataram na época que estavam com salário referente ao mês de dezembro atrasado, inclusive não haviam recebido o 13° salários.

Dólar comercial fecha a semana em alta e cotado na venda a R$ 3,25
Apesar do dólar ter fechado em queda de 0,12% no dia, e cotado a R$ 3,252 na venda, a moeda norte-americana fechou a semana com uma leve alta de 0,14...
Bandeira tarifária de outubro é verde, sem valor adicional nas contas de luz
A bandeira tarifária que será aplicada nas contas de luz em outubro será verde, sem custo para os consumidores de energia elétrica. Este é o sétimo m...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions