A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Setembro de 2016

22/09/2015 16:08

Após medo de não receber, aposentado faz planos com 13º

Liana Feitosa
 João Alves Sobrinho, de 86 anos, recebe um salário mínimo de aposentadoria e vende picolés nas ruas da Capital há 20 anos para ajudar no orçamento de casa.  (Foto: Fernando Antunes) João Alves Sobrinho, de 86 anos, recebe um salário mínimo de aposentadoria e vende picolés nas ruas da Capital há 20 anos para ajudar no orçamento de casa. (Foto: Fernando Antunes)

O 13° salário dos aposentados e pensionistas da Previdência Social começa a ser pago, antecipadamente, nesta quinta-feira (24) em todo o Brasil. Em Mato Grosso do Sul, serão pagos 278.223 benefícios. Para o presidente da Associação dos Aposentados e Pensionistas de Campo Grande, Waldir de Miranda, a situação econômica do país gerou insegurança quanto ao recebimento da gratificação.

Veja Mais
Aposentados de MS vão receber R$ 142 milhões com antecipação do 13º
Contra redução de benefícios, aposentados de MS entram na Justiça

"Por causa dessa situação do Brasil, vários aposentados estavam com medo de que os pagamentos fossem prejudicados de alguma forma, ou nem mesmo antecipado. Por isso hoje mesmo fui no banco tirar um extrato e já está lançado lá a previsão de que vai cair, agora é certeza", afirma o presidente.

Porcentagem - De acordo com a previdência, os valores que começarão a ser depositados nesta semana correspondem a 50% do benefício. Os outros 50% da gratificação natalina serão pagos na folha de novembro, como sempre ocorre.

Para a pensionista Maria de Arruda, de 68 anos, o dinheiro virá para ajudar no pagamento de contas do cotidiano. "Vou usar pra pagar a conta de água e luz mesmo, essas coisas. O dinheiro é pouquinho, não é suficiente pra quitar outras coisas que já comprei", conta.

Muito simpático, o militar aposentado Leopoldo Pires, de 89 anos, considera o pagamento uma boa notícia, mas não se mostrou muito ansioso com a notícia. (Foto: Fernando Antunes)Muito simpático, o militar aposentado Leopoldo Pires, de 89 anos, considera o pagamento uma boa notícia, mas não se mostrou muito ansioso com a notícia. (Foto: Fernando Antunes)

Expectativa - João Alves Sobrinho, de 86 anos, recebe um salário mínimo de aposentadoria e vende picolés nas ruas da Capital há 20 anos para ajudar no orçamento de casa. A esposa dele, com quem é casado há 65 anos, também recebe o benefício. A notícia de que os pagamentos começarão nesta semana o deixou animado.

"Eu compro e pago tudo à vista. Se tenho dinheiro, eu compro. Se não tenho, não compro. Mas nem sei o que vou fazer com esse dinheirinho, não, mas com certeza vai ajudar muito. Estamos sempre precisando, né? A energia e a água tão muito caras, parece que tão competindo. Depois que a gente (ele e a esposa) receber vamos ver o que tá precisando comprar", compartilha.

O militar aposentado Leopoldo Pires, de 89 anos, não se mostrou ansioso com a chegada do benefício. Viúvo, disse que o importante mesmo é que as 3 filhas e os 6 filhos dele estão criados, adultos e casados.

"Eu nem vou mexer nesse dinheiro. Vou deixar lá (no banco). Se eu precisar pra ir pagando as contas, pego o que precisar e deixo o resto lá", conta.

Confira o cronograma mensal de pagamentos de benefícios de 2015:

Após medo de não receber, aposentado faz planos com 13º
Aposentados de MS vão receber R$ 142 milhões com antecipação do 13º
Segurados da Previdência Social terão acesso antecipado ao 13° salário. Os pagamentos serão feitos a partir desta quinta-feira (24). De acordo com a ...
Contra redução de benefícios, aposentados de MS entram na Justiça
Os aposentados de Mato Grosso do Sul vão ingressar com novas ações judiciais contrárias ao fator previdenciário, que reduziu em até 40% o valor dos b...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions