A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Setembro de 2016

01/10/2015 16:53

Arrecadação do ICMS cai 22% e Governo reduz investimentos em 66%

Mariana Rodrigues
De acordo com a publicação, a receita primária teve um aumento de 3%. (Fernando Antunes)De acordo com a publicação, a receita primária teve um aumento de 3%. (Fernando Antunes)

A receita do Governo do Estado cresceu apenas 3% de janeiro a agosto deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. Como houve queda na arrecadação, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) freou os gastos no primeiro ano de mandato e reduziu os investimentos em 66%, conforme o relatório publicado no Diário Oficial do Estado. O principal tributo do Estado teve redução de 22%. 

Veja Mais
Chineses se reúnem com Azambuja e garantem interesse de investir no Estado
Prefeito terá de cortar 5,76% da folha de pagamento para se adequar à LRF

A arrecadação de ICMS (Imposto sobre o Comércio de Mercadorias e Serviços), apresentou queda de 22% neste ano, de R$ 3,723 bilhões, no ano passado, para R$ 2,9 bilhões. 

Já o IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores), ficou praticamente estável, oscilando de R$ 256,1 milhões para R$ 254,1 milhões.

De acordo com a publicação, o governo gastou R$ 4,524 bilhões com despesas de pessoal e encargos sociais, isso representa um aumento de 20% nos gastos mensais, já que no segundo quadrimestre de 2014 os gastos eram de R$ 3.759 bilhões.

Investimentos - Ainda conforme a publicação, o governo investiu menos nesse segundo quadrimestre. No ano passado, os investimentos somaram R$ 851,8 milhões e neste ano foram investidos R$ 284,3 milhões, isso quer dizer, que foram investidos 66% a menos que em 2014.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions