A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 24 de Setembro de 2016

07/10/2014 15:53

Associação comercial espera crescimento de 3,5% nas vendas deste ano

Priscilla Peres
Brinquedos são a preferência de 50% dos entrevistados. (Foto: Marcos Ermínio)Brinquedos são a preferência de 50% dos entrevistados. (Foto: Marcos Ermínio)

Após uma sequencia de frustração nas vendas do comércio em datas comemorativas, a ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande) está otimista para o Dia das Crianças e projeta crescimento de 3,5% em relação ao ano passado.

Veja Mais
Greve dos bancários chega ao 19º dia com 144 agências sem atendimento
FCO amplia acesso para empresas que faturam até R$ 16 milhões por ano

Levantamento realizado pela ACICG em parceria com a Faculdade Estácio de Sá aponta que o número de pessoas que tem a intenção de ir às compras para o dia 12 de outubro cresceu, passando de 66% no ano passado para 76% em 2014. A maioria, deve gastar de R$ 50 a R$ 100 com as crianças.

Para o presidente da ACICG, João Carlos Polidoro, tradicionalmente o segundo semestre é de maior consumo que o primeiro e este ano não será diferente. “Percebemos que o segundo semestre está reagindo positivamente e além disso, a pesquisa revela que 10% a mais dos entrevistados devem adquirir presentes para os pequenos em 2014”, analisa.

Outro ponto positivo e que pode influenciar nas vendas do comércio e a expectativa nacional. "Os analistas do mercado de brinquedos nacional já sinalizaram sobre um aumento e esperam um crescimento de 16% para o setor”, revela Polidoro.

Pesquisa - Entre a população pesquisada pela ACICG e a Estácio de Sá, 50% afirma que vai procurar brinquedos para as crianças, 23% optam por vestuário e outros 8% escolhem eletroeletrônicos e calçados. Livros (4%), perfumes/cosméticos (3%), dinheiro em espécie (2%), viagem (1%) e outros (1%) completam as opções da lista.

Em relação ao pagamento das compras, a maioria (63%) querem pagar o presente à vista e 37% desejam pagar a prazo. Na primeira opção, a alternativa mais citada foi cartão com débito em conta (52%) e dinheiro (47%). Dos que preferem pagar a prazo, 77% vão optar pelo cartão de crédito.

Com relação ao local de compras, os shoppings aparecem em primeira opção, com 47% de preferência. Em segundo, está a região Central, com 34% de escolha dos entrevistados.

FCO amplia acesso para empresas que faturam até R$ 16 milhões por ano
Foi aprovado nesta semana pelo Ceif (Conselho Estadual de Investimentos Financiáveis) do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) ...
Dólar comercial fecha a semana em queda e cotado a R$ 3,24
Após duas altas seguidas do dólar comercial durante a semana, a moeda norte-americana fechou nesta sexta-feira (23) cotado a R$ 3,247 na venda e com ...
Desemprego desacelara, e MS cria mais 1.077 vagas de trabalho em agosto
Mato Grosso do Sul abriu 1.077 empregos formais a mais no mês de agosto -equivalentes ao acréscimo de 0,21% -, em relação ao estoque de assalariados ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions