A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Setembro de 2016

02/03/2015 14:42

Associações Comerciais poderão funcionar como correspondentes bancários do BB

Vanda Escalante
O presidente da Faems, Alfredo Zamlutti Júnior, e o superintendente do Banco do Brasil em MS, Marco Túlio Moraes (Foto: Divulgação)O presidente da Faems, Alfredo Zamlutti Júnior, e o superintendente do Banco do Brasil em MS, Marco Túlio Moraes (Foto: Divulgação)

As Associações Comerciais e Empresariais de Mato Grosso do Sul poderão funcionar como correspondentes bancários do Banco do Brasil. O acordo foi firmado semana passada, por meio de convênio assinado entre a Faems (Federação das Associações Empresariais de Mato Grosso do Sul) e a superintendência do banco no Estado.

Veja Mais
Associação comercial sorteia prêmios para empresários, lojistas e consumidores
Reinaldo se reúne com superintendente do Banco do Brasil

O presidente da Faems, Alfredo Zamlutti Júnior, explicou que o convênio também visa facilitar o acesso ao crédito pelas Associações Comerciais, aumentando a autonomia financeira e favorecendo a criação de alternativas de geração de renda e desenvolvimento para as entidades. Os associados contarão ainda com apoio do banco para a contratação de seguros.

Como correspondente bancário, a Associação gera receita, pois oferece ao público os serviços comuns de uma agência, com o diferencial de horário, atendendo durante o expediente e proporcionando maior comodidade à população. “O Banco do Brasil capacitará a equipe que vai atuar nos serviços de correspondente. Para a Associação. será uma grande oportunidade, já que receberá porcentagem pelo serviço prestado, gerando novo capital para a entidade”, avalia o superintendente o Banco do Brasil, Marco Túlio Moraes.

A partir do convênio, meta é, gradativamente e por adesão, transformar todas as 55 Associações Comerciais e Empresariais de Mato Grosso do Sul em correspondentes bancários. “Se a macroeconomia vive um momento desfavorável, vamos tornar isso em oportunidade. E é o que estamos fazendo, ao oferecer às associações a opção de gerar novos rendimentos. A Faems teve visão estratégica ao buscar essa parceria”, ponderou Moraes.

“Nosso setor é forte e temos que ter a sabedoria de buscar quem pode nos ajudar em momentos necessários. O Banco do Brasil nos dá agora a oportunidade para nos fortalecermos ainda mais”, completou Zamlutti.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions