A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

29/11/2016 09:12

Bancários protestam hoje contra fechamento de agências na Capital

Renata Volpe Haddad
Agência Parque dos Poderes, localizada na avenida Afonso Pena, próximo ao shopping, será fechada na reestruturação do Banco do Brasil. (Foto: Divulgação)Agência Parque dos Poderes, localizada na avenida Afonso Pena, próximo ao shopping, será fechada na reestruturação do Banco do Brasil. (Foto: Divulgação)

Duas agências de Campo Grande que serão fechadas com a reestruturação do Banco do Brasil, não terão expediente nesta terça-feira (29), em forma de protesto contra a medida, realizada pelo Sindicato dos Bancários.

Veja Mais
Banco do Brasil fechará 4 agências e espera cortar 202 funcionários em MS
Bandidos explodem agência do Banco do Brasil em Pedro Gomes

Os atos em Campo Grande ocorrerão nas agências do Parque das Nações, próxima ao Shopping Campo Grande e Cachoeira, localizada na avenida Ricardo Brandão. 

Os dirigentes sindicais vão paralisar as atividades das unidades o dia todo e se reunir com os bancários para debater a questão. Além disso, serão distribuídas panfletos aos clientes informando a importância do Banco do Brasil e da manutenção das agências abertas para a população.

Em todo país, hoje é o Dia Nacional de Luta do BB contra os cortes de empregos e agências.

Reestruturação - No dia 20 de novembro, o banco anunciou uma reestruturação institucional, que vai reduzir 9.072 vagas no quadro de pessoal, desativar 402 agências e outras 379 serão transformadas em postos de atendimento, além de um PEAI (Plano Extraordinário de Aposentadoria Incentivada) com público alvo de 18 mil funcionários.

Para o sindicato, esse plano de aposentadoria vai representar uma brutal redução no quadro de funcionários, acarretando em sobrecarga de trabalho aos bancários da ativa. “Se os bancários já estavam sofrendo com a sobrecarga de trabalho, agora a situação tende a piorar com a falta de 18 mil bancários que poderão se aposentar. Sem falar que a população também será diretamente atingida com o fechamento de agências e poucos bancários para realizar os atendimentos”, ressalta o presidente do sindicato, Edvaldo Barros.

Em Mato Grosso do Sul, duas agências serão fechadas em Campo Grande (Cachoeira e Parque das Nações) e uma em Corumbá. Outras quatro serão transformadas em postos de atendimento: Campo Grande (UFMS), Rio Negro, Dourados e Ponta Porã.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions