A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 01 de Outubro de 2016

02/02/2016 13:22

Banco antecipa R$ 665 milhões em crédito para produtor rural de MS

Caroline Maldonado
Superintendente do Banco do Brasil, Evaldo Emiliano de Souza, lançou hoje o pré custeio (Foto: Caroline Maldonado)Superintendente do Banco do Brasil, Evaldo Emiliano de Souza, lançou hoje o pré custeio (Foto: Caroline Maldonado)

Produtores de Mato Grosso do Sul já podem procurar o Banco do Brasil a fim de negociar crédito para a safra 2016/2017. O custeio antecipado disponibiliza R$ 665 milhões para agricultores que cultivam cana, milho, soja, laranja, café, arroz e algodão. A liberação veio em boa hora para os produtores que enfrentam dificuldades com alta significativa nos custos de produção. Além disso, a notícia anima o setor porque o montante antecipado não havia sido oferecido na safra anterior, como de costume.

Veja Mais
Produtores rurais podem se inscrever em programa para redução de gases
Prazo para produtor fazer contribuição sindical rural termina neste domingo

Segundo o superintendente do Banco do Brasil, Evaldo Emiliano de Souza, a grande vantagem de contratar crédito antecipadamente são os juros. “O médio produtor, com renda bruta anual de R$ 1,6 milhão, tem direito a juro de 7,75% ao ano e o grande, com renda bruta acima de R$ 1,6 milhão, tem acesso a taxa de 8,75% ao ano. Fora do programa, as linhas têm juros de até 16% a.a”, detalhou.

Na safra 2014/15, o Estado teve acesso a R$ 2,286 bilhões em crédito. O montante passou para R$ 2,473 bilhões no ciclo 2015/16, o que representa aumento de 8,2%. “Esse percentual a mais se deve ao trabalho de capacitação para atendimento ao cliente e as parcerias com entidades que orientam os produtores”, disse o superintendente.

Outro destaque é para o baixo índice de inadimplência, que está abaixo de 1% entre os clientes do Banco do Brasil, que é responsável por 83,4% de todo o crédito contratado no Estado. “O BB financia R$ 6,58 bilhões, enquanto os demais juntos oferecem R$ 1,3 bilhão”.

Representando o Governador Reinaldo Azambuja (PSDB), o secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, participou hoje (2) do lançamento do custeio antecipado e parabenizou o banco pelo esforço feito para garantir cada vez mais crédito ao produtor rural. “O pré custeio tem uma importância enorme para o Estado, tendo em vista que o setor agro tem se mostrado realmente viável e além disso o crédito é fundamental para manter a competitividade”, comentou Riedel.

O secretário de Estado de Produção e Agricultura Familiar, Fernando Lamas, destacou a importância do crédito para regulação de preços e também para o investimento em tecnologia. “Os produtores passam por um momento em que os custos estão muito altos, a atividade está quase perdendo a rentabilidade. Então, esse recurso é muito importante e esperamos que o agricultor aplique o recurso como meio de incorporar novas tecnologias”, disse o secretário.

O superintendente do BB destacou ainda a importância do trabalho da Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul). O presidente da entidade Maurício Saito esteve no lançamento do pré custeio e também falou das possibilidades de negociação a partir do crédito antecipado. “Esse montante é muito significativo para o produtor negociar com mais tempo, em vista dos altos custos de produção”, comentou, ao destacar o empenho dos agricultores e das instituições de pesquisa, que apoiam o setor, como a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa e Agropecuária).

Produtores rurais podem se inscrever em programa para redução de gases
Produtores rurais interessados em contribuir com a redução dos gases de efeito estufa, podem se increver para participar do projeto ABC Cerrado. A me...
Prazo para produtor fazer contribuição sindical rural termina neste domingo
Termina hoje (31) o prazo para a contribuição sindical rural de pessoa jurídica de 2016. O proprietário rural que ainda não recebeu o boleto, pode re...
Banco do Brasil libera R$ 3,8 mi para antecipação do 13º salário de clientes
O Banco do Brasil liberou, em janeiro, R$ 3,8 milhões em recursos para antecipação do 13º salário para clientes de Mato Grosso do Sul. Com vários imp...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions