A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 30 de Setembro de 2016

10/09/2014 11:25

Caminhão será usado para incentivar consumo de peixe em Campo Grande

Luciana Brazil e Kleber Clajus
Peixes serão comercializados com preços atrativos. (Foto: Marcelo Calazans)Peixes serão comercializados com preços atrativos. (Foto: Marcelo Calazans)
Caminhão vai ficar na Feira de Orgânicos na Praça do Rádio Clube. (Foto: Marcelo Calazans)Caminhão vai ficar na Feira de Orgânicos na Praça do Rádio Clube. (Foto: Marcelo Calazans)

Para incentivar o consumo de peixes em Campo Grande, um caminhão frigorífico vai estar a partir da próxima semana na Feira de Orgânicos que acontece todas as quartas-feiras na Praça do Rádio Clube. Os peixes serão comercializados a preços atrativos. A iniciativa integra a Semana do Peixe realizada em todo país para fomentar o consumo de pescado.

Veja Mais
Dólar comercial fecha a semana em alta e cotado na venda a R$ 3,25
Intenção de compra cai, mas dia das crianças pode movimentar R$ 146 mi

Com capacidade para seis toneladas, o caminhão tem área de congelamento e resfriamento e balcão para atendimento. A cada semana uma empresa diferente ficará responsável pela venda dos produtos. “A ideia é começar as quartas-feiras para sentir o consumo. Queremos criar uma tendência de hábitos de consumo saudável. Cada semana vamos comercializar através de uma empresa para não fazer concorrência com o mercado local por causa dos preços convidativos”, disse o titular da Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Turismo e do Agronegócio), Edil Albuquerque.

Segundo o superintende Municipal da Pesca, José Santos, as três grandes redes varejistas da Capital comercializam uma média de 15 toneladas de pescado por semana. No entanto, o produto vem de outros estados, boa parte do Paraná e Mato Grosso. Para colocar fim aos produtos de outros estados, a intenção é aumentar o número de piscicultores em Mato Grosso do Sul, que hoje são 120, explicou Santos. “Até o final de 2015 queremos aumentar para 200 produtores. Nesta caso, a prefeitura daria assistência técnica aos produtores”, disse.

O caminhão é cedido pelo Ministério da Pesca e da Aquicultura por meio de edital publicado a cada quatro anos. Esse também é o período em que o veículo fica no município. Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande, foi a última cidade a receber o caminhão frigorífico. De acordo com a assessoria do Ministério da Pesca e Aquicultura de Mato Grosso do Sul, até a publicação do próximo edital, que deve acontecer em janeiro, o veículo ficará disponível para a prefeitura de Campo Grande.

O projeto, apresentado na manhã de hoje (10), com a presença do prefeito Gilmar Olarte (PP), começa na semana que vem na feira, mas há possibilidade de que o caminhão também funcione aos sábados, na sede da prefeitura.

José santos, prefeito e Edil em frente ao caminhão do Ministério da Pesca. (Foto: Marcelo Calazans)José santos, prefeito e Edil em frente ao caminhão do Ministério da Pesca. (Foto: Marcelo Calazans)

Uma degustação já está confirmada hoje e na próxima quarta-feira em algumas unidades do Supermercado Comper. No dia 12 de setembro, a prefeitura vai realizar uma feira de manipulação de pescado no Ceinf (Centro de Educação Infantil) do bairro Santa Emília.

Consumidor- Atraídos pela propaganda, muitos consumidores foram até a feira para comprar o pescado na manhã de hoje, no entanto, saíram de lá decepcionados. O projeto só começa a funcionar na próxima quarta.

José Carlos Arenas, 54 anos, soldador aposentado, disse que consome peixe desde a infância. “Hoje está bom comer peixe porque os mercados vendem com preço bom, apesar de ser de cultivo”. Segundo José Carlos, em média, a família dele consume, por mês, de cinco a seis quilos. “Na minha casa são quatro pessoas, e o único que gosta de pescar não come peixe, para ele fritamos um ovo”, brincou.

Dólar comercial fecha a semana em alta e cotado na venda a R$ 3,25
Apesar do dólar ter fechado em queda de 0,12% no dia, e cotado a R$ 3,252 na venda, a moeda norte-americana fechou a semana com uma leve alta de 0,14...
Bandeira tarifária de outubro é verde, sem valor adicional nas contas de luz
A bandeira tarifária que será aplicada nas contas de luz em outubro será verde, sem custo para os consumidores de energia elétrica. Este é o sétimo m...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions