A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Setembro de 2016

03/03/2015 09:46

Campo-grandenses priorizam o pagamento de dívidas e endividamento cai

Priscilla Peres

Diante dos reajustes de itens de primeira necessidade, como combustível e energia, os consumidores de Campo Grande estão diminuindo o consumo e aproveitando para colocar as contas em dia, pelo menos é o que mostra a PEIC (Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor).

Veja Mais
Endividamento das famílias volta a cair em novembro e chega a 67%
Endividamento das famílias sobe e chega a 66,7% com Dia dos Pais

Em fevereiro de 2015 o índice chegou a 61%, menor nível desde setembro de 2013. Além disso, há cinco meses o número tem caído, chegou a 70% em setembro de 2014, baixou para 67,9 em novembro do mesmo e continuou em queda até os atuais 61%, segundo dados divulgados hoje pela CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo).

“Desde novembro as pessoas vêm evitando assumir compromissos parcelados diante dos aumentos sucessivos nos combustíveis e energia e seus efeitos em cadeia, que geram incertezas a todos”, explica o presidente da Fecomércio MS (Federação do Comércio), Edison Araújo.

A pesquisa ainda mostra que o índice de endividados com contas em atraso também caiu, passando de 37,4% em fevereiro de 2014 até 30,5% no mês passado. Já o número que representa aqueles que não terão condições de pagar as contas aumentou, era 11,7 em fevereiro de 2014, caiu para 10,7% em dezembro e chegou aos atuais 11,8%.

Do total de pessoas com dívidas, 11,5% se dizem muito endividados, 23% mais ou menos, 26% pouco e 39% dizem não ter dívidas com cartão de crédito, carnê, entre outros. Das famílias ouvidas na pesquisa, 65% relataram ter contas parceladas no cartão de crédito; 26,4% nos carnês, 11,9% têm financiamento de carro a pagar e 8,6% crédito pessoal.

O indicador de inadimplência também diminuiu. Desta vez, 30,5% disseram que têm contas atrasadas contra 31% em janeiro. Já os que informam que não terão condições de pagar ficaram em 11,8% contra 11,5% em janeiro

Endividamento das famílias volta a cair em novembro e chega a 67%
O índice de endividamento das famílias campo-grandenses voltou a cair, chegando a 67,9%, após atingir 70% em setembro. O nível é o menor desde agosto...
Endividamento das famílias campo-grandenses segue em queda, diz pesquisa
O endividamento das famílias campo-grandenses caiu no mês de junho, de acordo com a PEIC (Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor), d...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions