A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Setembro de 2016

17/02/2016 13:09

Caravana da Saúde chega a Jardim e região e lota hotéis de duas cidades

Liana Feitosa
Evento deve atrair cerca de 10 mil pessoas da região de Jardim até o dia 20. (Foto: Marcilene/ Divulgação)Evento deve atrair cerca de 10 mil pessoas da região de Jardim até o dia 20. (Foto: Marcilene/ Divulgação)

A Caravana da Saúde, que desde o ano passado tem levado atendimento de graça a cidades do Estado, também movimenta a economia. Desde ontem (16) atendendo em Jardim, município a 233 quilômetros de Campo Grande, a caravana lotou hotéis e, até o dia 20, vai ser difícil encontrar vagas na região.

Veja Mais
Caravana da Saúde prevê realizar 6,5 mil consultas a partir de sábado
Reinaldo reafirma que maior desafio é recuperar estragos da chuva em MS

Em Jardim, quatro hotéis não tem mais leitos disponíveis até o dia 20 e pelo menos 60 apartamentos estão ocupados.

"O hotel está cheio e tive muita procura de pessoas que precisavam vir à cidade para a caravana. E é bom porque, não lotou apenas hotéis, mas postos de combustível e restaurantes também lucram bem", analisa Vera Lúcia Valim, proprietária do Vitória Hotel, em Jardim.

Temporada - De acordo com Leandro Bento, que trabalha no Hotel Dom Fernando, na mesma cidade, nesta época do ano o movimento é menor. "Quando o Carnaval é no começo do mês, essa época de fevereiro já tem ocupação mais baixa. Mas percebemos que a caravana manteve a procura e a taxa de ocupação alta", detalha. No dia 19, sexta-feira, já não existem mais vagas nenhum dos 46 quartos estará disponível.

No Hotel Presidente, a lotação é registrada desde o dia 1° de fevereiro, quando equipes de profissionais chegaram na cidade para montar a estrutura do programa de saúde do Estado.

Caravana manteve procura e taxa de ocupação altas após Carnaval. (Foto: Marcilene/ Divulgação)Caravana manteve procura e taxa de ocupação altas após Carnaval. (Foto: Marcilene/ Divulgação)

"Em alguns desses dias a ocupação oscilou, lotou em alguns dias, em outros não. Mas quando o evento acabar, os quartos já estão reservados para a equipe que vai desmontar a estrutura", afirma Luíza da Cunha, neta da proprietária.

Vizinha - Com todos os hotéis ocupados, teve cliente que precisou recorrer à cidade de Guia Lopes da Laguna, que fica ao lado de Jardim, distante 5 quilômetros. No Hotel Reis, na entrada da cidade, os 48 apartamentos ficarão ocupados no principal dia do evento, o chamado Dia D, sábado.

Para esse dia está previsto grande mutirão com atendimentos hospitalares e oftalmológicos, como 500 ultrassonografias, 100 mamografias, 100 endoscopias, 100 ecocardiogramas, 100 eletrocéfalograma e mais de 900 consultas com especialidades. Segundo a organização da campanha, a iniciativa, além de Jardim e Guia Lopes, vai atrair moradores de Bela Vista, Bonito, Caracol e Porto Murtinho. Cerca de 10 mil pessoas serão atendidas.

De acordo com Sílvia Reis, proprietária de um dos dois hotéis de Guia Lopes, teve cliente que foi pego de surpresa pela ação do Governo do Estado.

"Ontem (16) recebi hóspedes que sempre ficam no mesmo hotel em Jardim, mas ontem, ao chegarem lá, viram que estava lotado, não acharam vagas em outros lugares, e decidiram procurar na cidade vizinha, aqui", conta. "Esse movimento é muito bom, todo mundo sai ganhando, não só em atendimento de saúde", conclui.

Caravana da Saúde prevê realizar 6,5 mil consultas a partir de sábado
A cidade de Jardim - localizada a 233 km de Campo Grande - recebe a partir de sábado (19) a oitava edição da Caravana da Saúde, com previsão de 2 mil...
Secretário escolhe local da Caravana da Saúde, prevista para abril
O secretário estadual de Saúde, Nelson Tavares, anunciou nesta terça-feira que a Caravana da Saúde, programa criado em 2015 pelo governo de Mato Gros...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions