A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 29 de Setembro de 2016

19/12/2014 12:38

Casa do Turismo espera atender 1,5 milhão de visitantes por ano na Capital

Luciana Brazil
Titular da Sedesc, Natal Baglioni, vereador Edil e Superintendente de Turismo, Maria do Carmo, encerram a placa da Casa de Turismo. (Foto: Marcos Ermínio)Titular da Sedesc, Natal Baglioni, vereador Edil e Superintendente de Turismo, Maria do Carmo, encerram a placa da Casa de Turismo. (Foto: Marcos Ermínio)

Para recepcionar os 130 mil turistas, em média, que passam por Campo Grande todos os meses, foi inaugurada na manhã de hoje (19), a Casa do Turismo, local que irá disponibilizar informações sobre a rede hoteleira, as opções de gastronomia e programas culturais da cidade.

Veja Mais
Gol lança ofertas semanais de passagens aéreas
Mais de 6 mil consumidores saíram da lista de inadimplentes em agosto

Criado para unificar o setor na Capital, o espaço vai reunir as principais entidades do segmento e oferecer também o artesanato regional, com produtos produzidos por artistas de Mato Grosso do Sul.

“Estamos juntando em um ambiente tudo o que faz parte do turismo. Queremos o sinergismo, essa é a intenção”, disse o titular da Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Turismo e do Agronegócio), Natal Baglioni, durante a inauguração da Casa.

O projeto, pensado em 2010 e organizado pela Sedesc, começa a funcionar na área central da cidade, na Rua 15 de Novembro. De acordo com a diretora do Departamento de Fomento do Turismo, a turismóloga, Luciana Gonçalves de Souza, 36, a manutenção do espaço será rateada entre as entidades e a prefeitura ficará responsável pelo aluguel.

“Será um lugar onde o turista pode obter informações sobre a cidade. Além disso, será um espaço para captação de novos parceiros, que queiram investir aqui, já que daremos muitos dados”, destacou ela.

O vereador Edil Albuquerque (PMDB), que já ocupou o cargo de titular da Sedesc, sugeriu até o tombamento do imóvel, construído na década de 30, segundo ele. Durante a cerimônia na manhã de hoje, Edil afirmou que a Casa do Turismo será “uma concentração de forças” para o setor.

 

Casa do Turismo terá espaço para artesanato regional. (Foto: Marcos Ermínio)Casa do Turismo terá espaço para artesanato regional. (Foto: Marcos Ermínio)

“Recepcionamos grandes empresas e o nosso turismo é voltado para eventos e negócios. Não temos praia, mas outros atrativos, como a boa gastronomia”, afirmou Edil. Conforme o vereador, a Capital é porta de entrada para outros cidades do Estado como Bonito e Corumbá, no entanto, muitos turistas ficam por aqui para o turismo rural de eventos.

Na Casa do Turismo estarão, ao todo, nove entidades, que antes ocupavam o prédio da Pensão Pimentel. 

A Casa vai funcionar todos os dias, das 8 às 18 horas. “Queremos que, ao pensar na atividade, o turista saiba que aqui ele vai encontrar todos os órgãos”, disse Natal. 

Organizações - Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), ACTUR (Associação Campo-Grandense de Turismo Rural), ABHI/MS (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Mato Grosso do Sul), Singtur (Sindicato Estadual Guias de Turismo Mato Grosso do Sul), CAT (Centro de Atendimento ao Turista), ABLA (Associação Brasileira de Locadores de Automóveis/MS) e Associações de Artesanatos de Campo Grande e Abrajet/MS (Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo de Mato Grosso do Sul), além da Convention e Visistors Bureau, organização que promove desenvolvimento econômico, social e cultural da Capital por meio da promoção do destino e da captação de eventos.

Serviço- A Casa do Turismo fica na Rua 15 de Novembro, 532, quase esquina com a 13 de Maio.

Casa foi erguida na década de 30, conforme vereador Edil. (Foto: Divulgação/ Prefeitura)Casa foi erguida na década de 30, conforme vereador Edil. (Foto: Divulgação/ Prefeitura)
Gol lança ofertas semanais de passagens aéreas
Para atrair novos passageiros e fidelizar seus clientes, as companhias aéreas garantem preços e condições de pagamento especiais. Cada empresa define...
Mais de 6 mil consumidores saíram da lista de inadimplentes em agosto
Em agosto, 6.144 contribuintes de Campo Grande saíram do cadastro de inadimplentes. O número é 38,5% maior que o de julho, quando 4,4 mil pessoas rec...
Prefeitos vão a Brasília para cobrar liberação de R$ 13 mi em recursos
O repasse do FEX (Fundo de Auxílio aos Estados e Municípios Exportadores) ainda não foi feito em 2016 pelo Governo Federal e as prefeituras de Mato G...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions