A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Setembro de 2016

22/10/2015 12:34

Com greve, consumidor pode buscar outras opções para pagamento de fatura

Mariana Rodrigues
Para evitar transtornos, o pagamento da fatura de energia elétrica, por exemplo, pode ser feito nos caixas eletrônicos. (Foto: Arquivo/ Fernando Antunes)Para evitar transtornos, o pagamento da fatura de energia elétrica, por exemplo, pode ser feito nos caixas eletrônicos. (Foto: Arquivo/ Fernando Antunes)

Completando 17 dias nesta quinta-feira (22) e com 95% das agências fechadas somente na Capital, a greve dos bancos tem causado transtornos para a população, principalmente na hora de pagar as contas. Porém, há algumas formas de manter as faturas em dia buscando outros locais para efetuar o pagamento.

Veja Mais
Bancários recusam terceira proposta de reajuste e decidem manter greve
Bancários rejeitam proposta de 7,5% de reajuste e decidem manter greve

De acordo com a Energisa Mato Grosso do Sul, para evitar transtornos, o pagamento da fatura de energia elétrica, por exemplo, pode ser feito direto nos caixas eletrônicos, Internet Banking e aplicativos bancários para celulares. Outra opção é a rede de agentes arrecadadores próprios que recebem valores em dinheiro de até R$ 2 mil.

As Casas Lotéricas recebem, desde que o valor máximo não ultrapasse R$ 700. Correspondentes bancários e o banco postal (Correios) também estão na lista locais que recebem o pagamento da fatura.

O cliente também pode optar pelo serviço de Débito Automático, disponível para os bancos Bradesco, Banco do Brasil, Bancoob, Caixa Econômica Federal, Santander e Sicredi. O cadastro de débito automático deve ser feito nas agências de atendimento. Para consultar a mais próxima, basta acessar: www.energisa.com.br.

Greve - Os bancários pedem reajuste salarial de 16%, com piso de R$ 3.299,66, e PLR (Participação nos Lucros e Resultado) de três salários mais R$ 7.246,82. A categoria também reivindica vales alimentação, refeição, 13ª cesta e auxílio-creche/babá de R$ 788 cada. A categoria também pede pagamento para graduação e pós, além de melhorias nas condições de trabalho e segurança.

Bancários rejeitam proposta de 7,5% de reajuste e decidem manter greve
A greve dos bancários vai continuar. A categoria rejeitou  nesta terça-feira (20) proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) de reajuste sal...
Energisa comemora Dia do Eletricista e alerta para situações de rotina
Para comemorar o Dia do Eletricista, a Energisa enumerou alguns cuidados que a população deve tomar para evitar acidentes envolvendo energia elétrica...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions