A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Setembro de 2016

21/02/2014 08:14

Com investimento de R$ 89,6 mi, residencial Nelson Trad será entregue em abril

Luciana Brazil e Leonardo Rocha
Governador visita obra de Residencial Nelson Trad. (Fotos: Marcos Ermínio)Governador visita obra de Residencial Nelson Trad. (Fotos: Marcos Ermínio)

As obras do Residencial Nelson Trad, no Jardim Carioca, em Campo Grande, previstas para terminar em abril deste ano, foram vistoriadas na manhã de hoje pelo governador André Pucinelli (PMDB), em companhia do secretário de Estadual de Habitação, Carlos Marun. As obras estão em andamento desde 2011.

Veja Mais
Governador vistoria obras do residencial Nelson Trad no Jardim Carioca
Com menor preço médio do país, litro da gasolina é vendido por R$ 3,09

As 1.624 unidades receberam investimento total de R$ 89,6 milhões, sendo R$ 2 milhões oriundos do governo Estadual. Os apartamentos, cada um com 43 metros quadrados, têm dois quartos, sala, cozinha e banheiro. No residencial, ao todo, são 10 blocos. Os moradores do Nelson Trad têm renda de até R$ 1.600.

Pucinelli afirmou seu governo já totaliza 60.592 unidades construídas ou ainda em andamento. Até o fim de 2014, o governador afirma que já terá investido R$ 2 bilhões na habitação em Mato Grosso do Sul.

 

Acompanhado de Marun, Pucinelli fala sobre investimento no residencial.Acompanhado de Marun, Pucinelli fala sobre investimento no residencial.

“A construção das casas, além de ajudar a população que almeja uma casa própria, também gera emprego e beneficia as famílias dos operários que trabalham na obra”.

A meta, conforme o governador, é chegar a 70 mil casas até o fim do ano.

“Essas obras são importantes para toda cidade. Neste momento, 5,6 mil moradores estão sendo beneficiados com a entrega de casas na Capital. E, no Estado já são mais de 20 mil”, afirmou Marun.

O secretário afirmou ainda que muitas famílias são beneficiadas com as novas habitações, e ainda destacou a geração de emprego. “Campo Grande é a única capital do país que não tem favela e, por isso consegue recursos em parceria com o governo Federal”.

O pintor Vagner Spíndola, 39 anos, que trabalha nas obra do residencial, lembrou que esses apartamentos abrem “um leque de opções de trabalho”. “E quem tem curso de qualificação, consegue emprego e sai na frente dos demais”.

A construção das casas é sempre motivo de satisfação entre os profissionais da construção civil. “Esse residencial abriu oportunidades para sua profissão e está me ajudando na renda familiar, já que antes eram só serviços esporádicos. Agora o setor está em ótima fase”, afirmou o pintor Hermano Franco Machado, 48 anos .




Governador e quem irá fazer o asfalto das ruas para chegar a esses conjuntos de moradias e quando vai ser iniciados a obra de ampliação do aeroporto que fica ao lado dos mesmos. se nem esgoto existem na area.
 
antonio neto em 21/02/2014 10:42:18
Parabéns, Governador André! Imagino a felicidade das pessoas que irão receber uma moradia... Esse residencial deu uma nova cara para o Jardim Carioca, abandonado pelo governo municipal... Agora que o bairro está melhorando e valorizando com as construções. Espero que o Jardim Carioca seja asfaltado e que a Avenida 7 seja duplicada para beneficiar os moradores antigos e os novos moradores desse residencial, pois o trânsito no local certamente vai virar um caos... Prefeito Bernal, olhe pelos moradores daquela região... :)
 
Karen Castanho em 21/02/2014 09:55:47
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions