A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Setembro de 2016

18/02/2016 15:57

Com litro abaixo de R$ 3,50, gasolina de MS é a terceira mais barata do país

Renata Volpe Haddad
Concorrência entre postos de combustíveis, principalmente em Campo Grande, faz gasolina ficar abaixo da média. (Foto: Fernando Antunes)Concorrência entre postos de combustíveis, principalmente em Campo Grande, faz gasolina ficar abaixo da média. (Foto: Fernando Antunes)

O preço médio da gasolina em Mato Grosso do Sul é o terceiro mais barato do país, segundo levantamento semanal feito pela ANP (Agência Nacional do Petróleo). Por aqui, o condutor paga R$ 3,546 pelo litro do combustível, em média, enquanto em outros estados o valor já se aproxima dos R$ 4.

Veja Mais
Em tempos de gasolina cara, dá para economizar até 60% com gás natural
Concorrência não segura preço e gasolina chega a R$ 3,99 na divisa

O preço em MS só fica atrás de São Paulo, onde o preço médio é R$ 3,539 e Santa Catarina, onde o combustível custa R$ 3,525, em média. Em Campo Grande, o valor é ainda mais baixo. Dos 31 postos pesquisados pela ANP, o valor médio da gasolina é R$ 3,388 e se o consumidor procurar, consegue achar o litro com custo de R$ 3,279.

Segundo o supervisor técnico do Sinpetro (Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis, Lubrificantes e Lojas de Conveniência de Mato Grosso do Sul) , Edson Lazaroto, o preço abaixo do valor aplicado por aqui deve-se a concorrência. "Essa concorrência acirrada acontece há mais de dois anos, onde um posto concorre com outro, a fim de conquistar mais clientes", alega.

No Rio de Janeiro, por exemplo, a ANP pesquisou o valor da gasolina em 411 postos e o preço médio é de R$ 3,912. O valor mais barato do combustível custa R$ 3,549 e o máximo chega a R$ 4,799.

Em Goiás, o valor médio da gasolina é R$ 3,848 e o máximo chega a R$ 4,090. No Paraná, o valor médio do combustível é de R$ 3,638 e o máximo chega a custar R$ 4,016.

Postos de combustíveis abaixam preços da gasolina para conquistar clientes.  (Foto: Fernando Antunes)Postos de combustíveis abaixam preços da gasolina para conquistar clientes. (Foto: Fernando Antunes)

Etanol – O etanol deixou de ser concorrência em novembro do ano passado desde que o preço subiu 7,5%. De lá para cá, não compensa mais abastecer com esse combustível, de acordo com Lazaroto. "O etanol sobe a nível Brasil, então se sobe em outros locais, sofre reajuste aqui também e ele deixou de ser competitivo com a gasolina, não compensa mais", alega.

Ainda segundo o supervisor, nesta quarta-feira (17), o combustível de R$ 0,06. "Novamente subiu o preço nas distribuidoras, devido a uma série de situações", informa.

São Paulo tem o preço médio mais barato do etanol a R$ 2,667. No Mato Grosso, o combustível custa R$ 2,738, e Mato Grosso do Sul o valor médio do etanol custa R$ 2,922.

Diesel – Já em relação ao diesel, depois da alíquota do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias) voltar a 17% em janeiro deste ano em Mato Grosso do Sul, o preço médio é de R$ 3,216.

Com este custo, os motoristas deixam de abastecer no Estado, e procuram outras regiões, como São Paulo por exemplo, onde o valor médio do combustível é encontrado por R$ 2,917 ou no Rio Grande do Sul, onde o diesel está por R$ 2,949.

Conforme o supervisor técnico, Mato Grosso do Sul está enfrentando dificuldades de vendas do diesel devido a alíquota. "Estamos tentando um novo plano junto ao governo para reduzir para 12%, pois a experiência vivenciada no ano passado, não foi comparativo, já que 2014 foi um ano bom para economia", avalia.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions