A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

29/11/2016 15:36

Com R$ 470 milhões em caixa, Capital só executou 10% dos investimentos

Priscilla Peres
Alcides Bernal em agenda na semana passada (Foto: Richelieu de Carlo)Alcides Bernal em agenda na semana passada (Foto: Richelieu de Carlo)

A prefeitura de Campo Grande terminou outubro com R$ 474 milhões em caixa. Porém, ao longo do ano só executou 10% dos investimentos programados para 2016. Ou seja, em dez meses, pagou R$ 31 milhões dos R$ 320 milhões que previu que gastaria ao longo do ano, enquanto fica com recursos parados nos cofres.

Veja Mais
Prefeitura admite epidemia de zika e chikungunya em 2017
Prefeitura ainda não sabe quando vai pagar o 13° salário dos servidores

A dotação inicial de investimentos para 2016 era de R$ 538 milhões, mas o montante foi reduzido. De acordo com relatório orçamentário publicado nesta terça-feira (29) pela equipe da gestão de Alcides Bernal (PP), de fato a prefeitura executou só R$ 36 milhões dos investimentos para o ano. Mas só pagou R$ 31 milhões e ainda inscreveu R$ 69,9 milhões em restos a pagar, referentes ao montante de R$ 106 milhões empenhados.

Além disso, do total liquidado em dez meses, R$ 17 milhões foram feitos em setembro e outubro, ou seja, quase metade do total do ano. Entre janeiro e agosto, foram gastos em média R$ 2,3 milhões por mês com investimentos.

Os dados do relatório mostram que até 31 de outubro, a prefeitura de Campo Grande tinha R$ 474 milhões em caixa, resultado do superavit das contas dos dez primeiros meses do ano. Mas, acumula R$ 262 milhões inscritos em restos a pagar. A dívida consolidada soma R$ 395 milhões.

A prefeitura estima arrecadar R$ 3,23 bilhões em 2016, mas até outubro as receitas somaram R$ 2,2 bilhões, o que significa 67% do total. Ainda falta R$ 1 bilhão em receita para receber, conforme previsão inicial.

Entre janeiro e outubro, a prefeitura arrecadou R$ 2,353 bilhões e gastou R$ 2,037 bilhões em despesas. O que significa superavit de R$ 315 milhões, com receitas maiores que as despesas. Existem R$ 631 milhões inscritas em restos a pagar.

A folha de pagamento com pessoal e encargos somou R$ 248,6 milhões em setembro e outubro e R$ 1,152 bilhão de janeiro a outubro. A prefeitura tem 22 mil servidores, conforme dados de agosto, e a folha mensal de pagamento gira em torno de R$ 100 milhões.

Previdência - Enquanto as contas municipais tem superavit no ano, a previdência acumula deficit de R$ 42 milhões entre janeiro e outubro de 2016. Em relação ao mesmo período do ano passado, a receita caiu 12% enquanto os gastos cresceram 19,5%.

Os dados do relatório orçamentário, mostram que de janeiro a outubro a previdência arrecadou R$ 203 milhões, enquanto que no mesmo período do ano passado o montante somou R$ 181 milhões, 12% a menos.

Entre janeiro e outubro de 2016, as despesas somaram R$ 245 milhões. No mesmo período de 2015, os gastos chegavam a R$ 205 milhões, crescimento de 19,5%.

Prefeitura admite epidemia de zika e chikungunya em 2017
Este ano o número de casos de zika em Campo Grande já é seis vezes maior do que no ano passado....
Com maior valor desde junho, dólar sobe 1,7% e fecha cotado a R$ 3,47
Com o maior valor desde junho, o dólar comercial fechou cotado a R$ 3,473 na venda, nesta nesta sexta-feira (2) com leve valorização de 0,12%. Na vés...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions