A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

23/03/2014 11:06

Comerciantes acionam a Justiça, mas não conseguem evitar feira de SP em Dourados

Ângela Kempfer
pavilhão lotado para venda de produtos do Braz. (Foto: Ademir Almeida/Dourados News)pavilhão lotado para venda de produtos do Braz. (Foto: Ademir Almeida/Dourados News)

O domingo começou animado hoje em Dourados, com a Feira Itinerante do Brás, bairro de São Paulo, conhecido nacionalmente pela venda de roupas, sapatos e acessórios para os “sacoleiros” do Brasil.

Veja Mais
Em queda de 0,5%, dólar comercial fecha cotado a R$ 3,23 nesta terça-feira
Uma das maiores do mundo, fábrica de celulose da Fibria está 54% concluída

As fotos publicadas pela imprensa são do Pavilhão Teodardo Leitz lotado por consumidores loucos por pechinchas. Mas o evento só ocorre por decisão judicial, graças a liminar de última hora, conquistada pelos organizadores.

A Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados) e o Sindicom (Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista) acionaram a Justiça contra o evento. A alegação principal é de que uma lei municipal de 2000 proíbe exposições sem a presença de comerciantes de Dourados.

Em defesa do evento, os comerciantes paulistas argumentaram que a regra só vale para ações desenvolvidas pela prefeitura.

Mas os empresários locais não conseguiram barrar a iniciativa e ontem, às 14 horas, a venda começou. A feira segue até amanhã, com valores praticados no bairro de São Paulo, garante os responsáveis.

A Feira Itinerante enfrentou o mesmo problema no ano passado, em Nova Andradina. (Com informações do Dourados News e do Dourados Agora)

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions