A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 01 de Outubro de 2016

07/10/2014 17:13

Comércio do Centro ficará aberto até às 20h a partir de 5 de dezembro

Priscilla Peres
Convenção coletiva definiu horários de abertura do comércio no fim de ano. (Foto: Marcelo Victor)Convenção coletiva definiu horários de abertura do comércio no fim de ano. (Foto: Marcelo Victor)

A partir do dia 5 de dezembro as lojas do Centro de Campo Grande passam a funcionar até às 20h, com o objetivo de melhor atender os consumidores que vão às compras natalinas. O horário de fim de ano foi acertado hoje durante Convenção Coletiva de Trabalho 2014/2015 entre patrões e funcionários.

Veja Mais
Dólar comercial fecha a semana em alta e cotado na venda a R$ 3,25
Intenção de compra cai, mas dia das crianças pode movimentar R$ 146 mi

Conforme o acordo, o atendimento até às 20h acontece de 5 a 13 de dezembro. Na semana de 15 a 26 as vendas de segunda-feira a sábado poderão ser realizadas até às 22h e nos domingos 7, 14 e 21 de dezembro o comércio abrirá as portas das 9h às 18h.

Dia 24, véspera de Natal, o comércio central fica aberto até às 18h e no dia 31, até às 16h. Nos shoppings, as lojas vão atender no dia 24 das 09h às 19h e no dia 31, das 9h às 18 horas. De 19 a 23 de dezembro, os três shoppings de Campo Grande tem autorização para permanecer abertos atá às 23h, com garantia de transporte na saída dos empregados.

O presidente da Fecomércio/MS (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul) , Edison Araújo, explica que apesar do horário ampliado os trabalhadores não poderão exercer mais que duas horas extras por dia, como prevê a legislação, ou seja, mais de 10 horas por dia.

"Não pode extrapolar os horário e em caso de desrespeito o empregado deve denunciar para o sindicato ou para o Ministério do Trabalho para as atitudes cabíveis", destaca o presidente da Fecomércio/MS.

O presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio da Capital, Idelmar da Mota Lima, destaca que as horas extras até o limite de duas horas diárias, durante o mês de dezembro, serão remuneradas com 70% sobre o valor mensal. Caso haja necessidade imperiosa, as horas trabalhadas que excederem o limite legal serão remuneradas em 100% do valor normal.

Acordo - Firmado hoje entre a Fecomércio, o Sindicato do Comércio Varejista de Campo Grande e Sindicato dos Empregados no Comércio da Capital, o acordo coletivo estabeleceu reajuste de 6,8% que passa valer no dia 1º de novembro.

Além do horário especial de fim de ano, a convenção estabeleceu que aos domingos o comércio vai atender das 9h às 15h. Para as lojas localizadas fora do shoppings e centros comerciais, como hiper e supermercados, que seguem os horários dos condomínios.

Os valores mínimos para os trabalhadores ficou definido da seguinte forma, empregados em Geral R$ 900; caixa R$ 900; comissionados – garantia mínima de R$ 1.000; auxiliar de Comércio R$ R$ 800 e office Boy e Serviços Gerais de R$ 788. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3311-4432.

Dólar comercial fecha a semana em alta e cotado na venda a R$ 3,25
Apesar do dólar ter fechado em queda de 0,12% no dia, e cotado a R$ 3,252 na venda, a moeda norte-americana fechou a semana com uma leve alta de 0,14...
Bandeira tarifária de outubro é verde, sem valor adicional nas contas de luz
A bandeira tarifária que será aplicada nas contas de luz em outubro será verde, sem custo para os consumidores de energia elétrica. Este é o sétimo m...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions