A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 01 de Outubro de 2016

29/09/2015 10:36

Comércio espera R$ 8,9 milhões em vendas para o Dia das Crianças

Pesquisa aponta que douradense vai gastar em média R$ 112 para presentear, preferencialmente, os filhos e sobrinhos

Helio de Freitas, de Dourados
Brinquedos e roupas estão entre os presentes preferidos para o Dia das Crianças em Dourados (Foto: Eliel Oliveira)Brinquedos e roupas estão entre os presentes preferidos para o Dia das Crianças em Dourados (Foto: Eliel Oliveira)

O comércio de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande, deve movimentar R$ 8,96 milhões em presentes para o Dia das Crianças deste ano, revela pesquisa de intenção de compras da Fecomércio MS (Federação do Comércio de Mato Grosso do Sul), feita em parceria com Sebrae MS, Universidade Uniderp-Anhanguera e Fundação Manoel de Barros.

Veja Mais
Comércio prevê queda e Dia das Crianças deve movimentar R$ 147,3 mi
Dólar comercial fecha a semana em alta e cotado na venda a R$ 3,25

A pesquisa aponta que o valor médio por presente será de R$ 112 em Dourados e pelo menos 68% da população economicamente ativa deve ir às compras. O valor médio estadual apontado no levantamento é de R$ 132,00.

As crianças indicadas pelos compradores douradenses são os filhos (30%), sobrinhos (24%), irmãos (11%), netos (9%) e afilhados (9%). Em torno de 33% dos consumidores da segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul deverão comprar um presente, 31% deverão comprar dois presentes e 14% deverão comprar três presentes.

Os brinquedos são a preferência para 52% dos consumidores que vão comprar presentes no Dia das Crianças. Outros 26% vão comprar vestuários, 7% calçados e complementos e 4% eletrônicos.

Lojas do centro – O comércio do Centro de Dourados será o local da compra de presente para 65% dos douradenses e outros 27% vão comprar nas lojas do Shopping Avenida Center, 5% em lojas da internet e 2% deverão optar pelas lojas dos bairros.

A maioria dos consumidores – 69% – pretende fazer as compras à vista com dinheiro, cartão de débito ou cheque. Outros 9% vão comprar à vista com cartão de crédito, 17% a prazo com cartão de crédito e só 3% pretendem comprar por outras formas de parcelamento, proporcionadas pelos lojistas. Se o pagamento escolhido for a prazo, a divisão será em até três vezes para 74% dos consumidores.

Dólar comercial fecha a semana em alta e cotado na venda a R$ 3,25
Apesar do dólar ter fechado em queda de 0,12% no dia, e cotado a R$ 3,252 na venda, a moeda norte-americana fechou a semana com uma leve alta de 0,14...
Bandeira tarifária de outubro é verde, sem valor adicional nas contas de luz
A bandeira tarifária que será aplicada nas contas de luz em outubro será verde, sem custo para os consumidores de energia elétrica. Este é o sétimo m...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions