A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

02/06/2014 18:03

Comércio prevê alta de 12% e vendas devem somar R$ 198,5 milhões

Mariana Lopes
Segundo presidente da Fecomércio, 80% da população devem ir às compras (Foto: Marcelo Victor)Segundo presidente da Fecomércio, 80% da população devem ir às compras (Foto: Marcelo Victor)

Em Mato Grosso do Sul, a expectativa é de que as vendas de Dia dos Namorados renda R$ 198,5 milhões ao comércio em 2014 e seja a terceira melhor data festiva do ano, ficando atrás somente do Natal e Dia das Mães. Isso significa 12,6% a mais que no mesmo período do ano passado. Os dados indicam uma expectativa positiva, em contraponto ao desânimo já manifestado por lojistas, em razão de a data cair no mesmo dia do início da Copa do Mundo.

Veja Mais
Bancários voltam a negociar reajuste e fim da greve nesta terça-feira
Com cautela no exterior, dólar fecha praticamente estável a R$ 3,24

Segundo a pesquisa da Fecomércio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) em parceria com a Universidade Anhanguera Uniderp e a Fundação Manoel de Barros, o gasto médio do consumidor, por presente, será de R$ 159. Valor superior ao de 2013, quando a média do preço do presente foi de R$ 114. A pesquisa apontou também que 74% dos entrevistados querem comprar mais de um presente.

“Oitenta por cento da população devem ir às compras, gerando um movimento maior do que o registrado no ano passado, quando a pesquisa registrou o aporte de R$ 176,8 milhões de reais nesse mesmo período”, conta o presidente da Fecomércio, Edison Araújo.

Sobre o que pretendem comprar e o que desejam ganhar, a maioria dos entrevistados opta por presentes de uso pessoal e as roupas lideram o ranking, com 11 % da preferência, seguidas de perfumes, flores, calçados, chocolates e jóias 5%.

Cerca de 60% dos entrevistados afirmaram que vão pagar os presentes à vista, usando dinheiro, cartão de débito ou crédito. Entre os 40% que desejam pagar suas compras a prazo, a forma utilizada é a do cartão de crédito (21%), carnês da loja (9%), boletos bancários (9%) ou cheque pré-datado (1,5%). Do total, 29% afirmam que vão pagar em duas vezes e 37% em três parcelas.

O cheque pré-datado é a escolha da minoria dos consumidores, o que, no ponto de vista da superintendente do IPF (Instituto de Pesquisa Fecomércio), Regiane Dedé, é vantajoso para o comércio. “É uma tendência que se manifesta há várias pesquisa. Para o empresário é uma oportunidade de diminuir o risco de inadimplência”, afirma.

Ainda conforme a pesquisa, 22% dos entrevistados decidem onde comprar de acordo com o desconto dado ao pagamento à vista; outros 16% para a marca do produto e a promoção será decisiva para 15% dos entrevistados.

A pesquisa foi feita em 13 cidades de Mato Grosso do Sul, sendo Aparecida do Taboado, Aquidauana, Anastácio, Chapadão do Sul, Campo Grande, Corumbá, Dourados, Ladário, Naviraí, Paranaíba, Ponta Porã, São Gabriel do Oeste e Três Lagoas. No total, 2 mil pessoas foram ouvidas.

Onde comprar - Em todas as cidades pesquisadas, as lojas da região central são indicadas pela maioria dos entrevistados. Em Campo Grande, o comércio do Centro tem a preferência de 47% dos consumidores. Na sequência, são citadas as lojas do Shopping Campo Grande, Shopping Norte Sul Plaza, Shopping Bosque dos Ipês. E 3% dos consumidores preferem comprar o presente pela internet.

Nas cidades de fronteira, a concorrência é dividida com o comércio dos países vizinhos, mas os consumidores garantem que a preferência é para as lojas brasileiras. Em Corumbá, 51% dos entrevistados disseram que vão comprar o presente nas lojas do Centro e 24% na Bolívia. As compras pela Internet ganham 8% dos consumidores.

Em Ponta Porã, também 51% dos consumidores escolhem fazer compras para o Dia dos Namorados nas lojas do centro da cidade e 26% no comércio do Paraguai. Enquanto que 7% dos entrevistados optam pela compra online.

Em Dourados, as lojas dos centros foram lembradas por 48% dos entrevistados e por 32% as lojas do Shopping Avenida Center. Outros 6% afirmam que vão comprar pela Internet. A média das outras cidades é de 84% que escolhem as lojas do centro, 7% as lojas no bairro e 6% a internet.

Onde comemorar – Conforme a pesquisa, quase 39% dos casais de namorados vão comemorar a data em casa. Os outros 16% em restaurante, 11% em bares ou boates, 10% em motéis, 7% em cinema ou na casa dos pais, parentes e amigos (11%).

“Esse indicador mostra que a rede de supermercados, lojas de bebidas e de doces vão receber parte desses recursos”, afirma Regiane Dedé. Dos entrevistados, 1,9% afirmaram que vão viajar por Mato Grosso do Sul e outros 1,7% para outros estados.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions