A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

16/11/2016 14:28

Compras de fim de ano devem movimentar R$ 234 milhões em MS

Priscilla Peres
Lojas já estão cheias de itens de Natal à venda. (Foto: Marcos Ermínio)Lojas já estão cheias de itens de Natal à venda. (Foto: Marcos Ermínio)

A data mais esperada pelo comércio está próxima e o otimismo parece ter voltado este ano. Pesquisa divulgada hoje estima que o Natal movimente R$ 254 milhões em Mato Grosso do Sul, sendo R$ 144,7 milhões em relação a presentes e R$ 109 milhões referentes a comemoração

Veja Mais
Mais da metade das pessoas vão usar 13º nas compras de Natal, segundo pesquisa
Lojas dão desconto de 90% para cliente limpar o nome antes do Natal

De acordo com a Fecomércio (Federação do Comércio de MS), os consumidores do Estado estão dispostos a gastar R$ 202, valor maior que os R$ 135 do ano passado. O montante movimentado com presentes é 20% menor que no ano passado, mas o valor da unidade comprada está R$ 67 mais cara.

Todas as 11 cidades pesquisadas apresentaram aumento no valor do presente, sendo em Dourados o maior, R$ 235. Das 11, só em Naviraí e Campo Grande o valor estimado de compra caiu.

Na Capital, no ano passado a data iria movimentar R$ 44 milhões com presente de R$ 135, mas neste ano o valor unitário subiu para R$ 204 e o montante caiu para R$ 43.204, isso porque reduziu de 80% para 53% o percentual de pessoas dispostas a gastar.

As melhores previsões são para Dourados e Três Lagoas, onde o aumento no valor estimado de compras chega a 66%. O otimismo se dá, principalmente, porque no Estado 57% da população está disposta a fazer compras, enquanto que só 35% não tem expectativa de dar presentes.

Neste ano, a pesquisa analisou também os gastos nos dias 24 e 25, com bebidas e comidas, por exemplo. Só nesses dois dias, a população estadual deve gastar R$ 109 milhões com itens sazonais. Entre os entrevistados 8% estão indecisos sobre os gastos, mas têm potencial de injetar mais R$ 20 milhões no comércio e serviços.

A data é estimulada principalmente pelo pagamento do 13° salário, que vai injetar R$ 2,3 bilhões na economia estadual, segundo o Dieese/MS. Do total beneficiado, 21% devem utilizar o abono para pagar contas, 20% deve guardar, 14% vão fazer compras de Natal e 10% vão pagar contas de início do ano.

A pesquisa aplicou 2.000 questionários em 13 municípios de Mato Grosso do Sul, de 23 a 31 de outubro de 2016. Questionários esses contendo 27 questões, dos quais 4 abertas e 23 fechadas (respostas múltiplas e únicas).

Mais da metade das pessoas vão usar 13º nas compras de Natal, segundo pesquisa
Dos trabalhadores que recebem 13º salário, 52,9% pretende gastar pelo menos parte do salário com compras de Natal, segundo pesquisa feita pelo Serviç...
Campanha arrecada brinquedos para doar para crianças carentes no natal
Com o objetivo de arrecadar brinquedos que serão doados para instituições que trabalham com crianças carentes de Campo Grande, o Ministério Público d...
MPE lança campanha de arrecadação de brinquedos para o Natal
O Ministério Público do Estado (MPE) lançou a Campanha Compartilhe o Natal com o objetivo de arrecadar brinquedos para crianças e adolescentes carent...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions