A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 30 de Setembro de 2016

06/08/2014 20:32

Congresso sobre direitos do consumidor reúne 700 profissionais e estudantes

Alan Diógenes e Liana Feitosa
Congresso pretende discutir sobre os direitos do consumidor. (Foto: Marcelo Calazans) Congresso pretende discutir sobre os direitos do consumidor. (Foto: Marcelo Calazans)

Cerca de 700 pessoas entre elas, profissionais do Direito e acadêmicos, irão participar do 14º Congresso Nacional do Ministério Público do Consumidor, que começou na noite desta quarta-feira (6) e termina na sexta-feira (8). O evento é realizado pela Associação Nacional do Ministério Público do Consumidor e pelo MPE (Ministério Público Estadual) como o tema: “Serviços Regulados e Defesa do Consumidor: experiências, perspectivas e desafios”.

Veja Mais
Após duas quedas seguidas, dólar tem alta de 1,05% e fecha a R$ 3,25
Índice sobe 6% e Campo Grande tem 177 mil pessoas endividadas

De acordo com procurador do MPF (Ministério Público Federal), Claudio Gheventer, iniciativas como essa ajudam a trazer mais proteção ao consumidor, através do conhecimento adquirido pelos profissionais. “Eventos como esse são importantes para difundir novas ideias. Seria muito interessante se por todo o Brasil copiasse e se inspirasse na ação. Congressos como esse existem para trazer mais proteção ao consumidor”, frisou.

A estudante do curso de Direito, Elida Santos, escolheu participar do congresso por causa do tema. Para ela, as pessoas sabem que possuem direitos, mas poucas correm atrás dos benefícios. “É um área que me interessa muito. O direito do consumidor é um benefício que está aberto a toda a população, mas poucos vão atrás desse assunto. As pessoas até sabem que têm direitos, mas poucos vão atrás”, comentou.

Também estiveram presentes no evento, o prefeito da Capital Gilmar Olarte (PP), autoridades do MPF e da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso do Sul). O congresso que terá carga horária de 30h é realizado no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camilo, no Parque dos Poderes, na Capital.

Após duas quedas seguidas, dólar tem alta de 1,05% e fecha a R$ 3,25
Cotado a R$ 3,256 na venda, após dois dias seguidos de baixa, o dólar comercial fechou esta quinta-feira (29) com alta de 1,05%. Com isso, a moeda no...
Índice sobe 6% e Campo Grande tem 177 mil pessoas endividadas
Campo Grande tem 177 mil pessoas endividadas, sendo que 13% não terão condições de pagar suas contas. O índice medido pelo IPF/MS (Instituto de Pesqu...
MS vai receber missão técnica do Chile em frigoríficos de carne bovina
Inspeções federais de outros país no Brasil pode abrir novos mercados para exportação. Chile, Cuba e Bolívia já tem data marcada para suas missões e ...
Gol lança ofertas semanais de passagens aéreas
Para atrair novos passageiros e fidelizar seus clientes, as companhias aéreas garantem preços e condições de pagamento especiais. Cada empresa define...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions