A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

10/08/2016 11:18

Conselho 'adota' Asilo São João Bosco para colocar finanças em dia

Elci Holsback
Corecon convida população a ajudar o asilo (Foto: Elci Holsback)Corecon convida população a ajudar o asilo (Foto: Elci Holsback)

Com 89 moradores, o Asilo São João Bosco enfrenta grandes dificuldades financeiras para continuar o atendimento aos idosos. Com o objetivo de colaborar com a organização financeira da instituição, o Corecon/MS (Conselho Regional de Contabilidade) realiza uma consultoria na instituição um, com o apoio de profissionais e acadêmicos da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

Veja Mais
Relação entre Brasil e Paraguai será tema de palestra da Semana da Economia
Refrigerante de erva mate e palestra foram novidades em feira de negócios

Os resultados da iniciativa serão apresentados no próximo dia 12, durante o encerramento da Semana de Economia, quando será apresentado o Projeto de Reestruturação do Asilo São João Bosco. Ao todo 120 problemas foram diagnosticados pela consultoria, entre eles, atraso na folha de pagamento e encargos sociais, acúmulo de funções, falta de comunicação e gerenciamento, divergência em cargos e salários, falta de suporte material e problemas com logística e segurança, entre outros. 

"Durante meses analisamos as atividades do asilo, quando foi percebida desorganização e crise financeira e de gestão. Foi necessário, a princípio a reestruturação econômica, que envolveu redimensionamento de custos, readequação de salários e corte no número de colaboradores",destaca o presidente do Conselho, Thales Souza Campos.

Dividida em três etapas, o trabalho tem metas para curto, médio e longo prazo. A primeira, com iniciativas que tiveram início no ano passado e devem ser cumpridas até 2018, incluem propostas já realizadas, como a organização das folhas de pagamento, que atualmente estão em dia e mais projetos, como a reestruturação dos processos administrativos e funcionais, aumento da receita e captação de novos recursos, entre outros.

A médio prazo, com projetos até 2020 estão as propostas de proporcionar sustentabilidade financeira da entidade, reorganizar o fluxo de voluntários, construir um novo acesso ao prédio, qualificar o atendimento aos idoso e implementar um Plano de Cargos e Carreiras. Por fim, até 2023, quando o São João Bosco comemora seus 100 anos de fundação, a meta é construir um posto de saúde geriátrico e uma casa de repouso e ser uma referência no atendimento aos idosos, além de manter os resultados adquiridos durante a consultoria.

Uma parceria com a Energisa também foi realizada, onde a concessionária de energia iniciou a troca de equipamentos de ar-condicionado e eletrodomésticos, o que já gerou economia de R$ 6 mil. Entretanto, o asilo ainda acumula dívida de quase R$ 3 milhões e o Corecon realizará mais uma ação em prol da entidade, com a arrecadação de doações durante a Semana da Economia. "No encerramento do evento ocorre a entrega de comendas durante um jantar já tradicional. Este ano, ao invés de realizar a celebração em um espaço de festas, decidimos levar a iniciativa ao asilo e cada convidado do jantar recebe um envelope onde é incentivado a doar qualquer quantia à entidade.

O presidente do São João Bosco, Gersino José dos Anjos, comemora os resultados iniciais da consultoria. " O Corecon fez um planejamento que nos levou a acreditar que a médio e longo prazo nos tornaremos referência em atendimento aos idosos", avalia. 

Assim como o Corecon, que além da consultoria, arrecadou doações para o asilo, outras entidades, empresas ou pessoas podem colaborar com o São João Bosco, que recebe doações e necessita de voluntários para manter seu trabalho de atendimento aos idosos. Os interessados em podem entrar em contato pelo (67) 3345-0500. A entidade está localizada na Rua José Nogueira Vieira, 1900, Bairro Tiradentes, em Campo Grande.

Semana de Economia - Realizado entre os dias 8 e 13 de agosto, o evento comemora os 35 anos do Corecon-MS, com série de palestras em Campo Grande, Dourados e Ponta Porã, entrega de comendas a economistas e profissionais que colaboram com o desenvolvimento do Estado e ainda, uma Feira de Educação Financeira, que acontece nos dias 12 e 13, das 10h as 22h no Shopping Norte Sul, onde a população receberá consultoria sobre finanças.

 




O Corecon/MS é o Conselho Regional de ECONOMIA.
 
Luiz Eliezer em 10/08/2016 17:08:50
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions