A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Setembro de 2016

19/08/2014 11:55

Consumidores de 5 municípios de MS pagarão 35% a mais pela energia

Marta Ferreira

A partir do dia 27, a conta de luz de 2,4 milhões de consumidores residenciais atendidos pela empresa Elektro será reajustada em 35,7%.Para os consumidores de baixa tensão, o aumento será de 35,9%. A empresa é responsável pelo abastecimento de cinco muniocípios em Mato Grosso do Sul.

Veja Mais
Bancos repetem proposta de reajuste de 7% e negociação prossegue
Após segunda queda consecutiva, dólar fecha cotado a R$ 3,22

O reajuste foi aprovado hoje (19), pela diretoria da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). A medida afetará 223 municípios localizados no estado de São Paulo e cinco em Mato Grosso do Sul, Três Lagoas, Brasilândia, Santa Rita do Pardo, Selvíria e Anaurilândia.

De acordo com a Aneel, o item que mais impactou o reajuste da Elektro foi o aumento dos custos que a empresa teve com compra de energia. Outros fatores, como aumento nos custos com transporte de energia e pagamento de encargos setoriais, também influenciaram.

Para os consumidores de alta tensão, o aumento será de 40,7%. Com isso, o efeito médio do reajuste ficará em 37,78%.

A Aneel informou que, para calcular o reajuste, considera a variação de custos que a empresa teve no ano. A conta inclui custos típicos da atividade de distribuição, sobre os quais incide o IGP-M, além de outros custos que não acompanham necessariamente o índice inflacionário, entre eles, a compra de energia, encargos de transmissão e encargos setoriais.

Bancos repetem proposta de reajuste de 7% e negociação prossegue
A Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) e o Comando Nacional dos Bancários retomaram a 9ª rodada de negociações nesta quarta-feira (28) em São Paul...
Após segunda queda consecutiva, dólar fecha cotado a R$ 3,22
O dólar comercial inverteu o movimento no final da tarde, após operar em alta durante quase toda a sessão. A moeda norte-americana fechou esta quarta...
Endividamento das famílias cresce e atinge 58,2%, mostra pesquisa
O endividamento das famílias brasileiras aumentou 0,2 ponto percentual de agosto para setembro deste ano, atingindo 58,2%. Apesar do ligeiro crescime...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions