A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 01 de Outubro de 2016

05/03/2015 18:32

Consumidores recorrem a pesquisa para encontrar gasolina mais barata

Mariana Rodrigues
Após o aumento do preço do litro da gasolina, muitos consumidores se viram obrigados a pesquisar para economizar. (Foto: Alessandro Martins)Após o aumento do preço do litro da gasolina, muitos consumidores se viram obrigados a pesquisar para economizar. (Foto: Alessandro Martins)

Após o aumento do preço do litro da gasolina, muitos consumidores se viram obrigados a pesquisar para economizar na hora de abastecer seu veículo. Além das pesquisas de preço, as redes sociais também são uma forma para repassar os valores mais baratos encontrados nos postos da Capital.

Veja Mais
Queda nas vendas e "guerra pelo cliente" derruba preço da gasolina
Aumento da gasolina faz Capital ter inflação de 1,38%, a maior em 12 anos

O técnico de telecomunicações Felipe Fontes, de 24 anos, disse que consegue driblar os preços através de um grupo no Whatsapp na qual ele faz parte. "Nós compartilhamos com os outros membros os locais onde encontramos a gasolina mais barata e todos correm para abastecer", contou.

João Audi Sanchik, de 24 anos, revelou que pesquisa em vários postos antes de abastecer, mas também apela para o aplicativo na hora de encontrar o combustível mais barato. "Eu não era acostumado a pesquisar, hoje já presto mais atenção nos valores dos postos e quando encontro um que está mais barato, repasso para meus amigos através dos grupos de Whats".

O corretor de impostos Bruno Borges, de 20 anos, negou que faça qualquer pesquisa na hora de abastecer, mesmo que o preço do combustível ainda apresente um valor alto. "Na verdade eu sempre procuro abastecer no mesmo posto, mas tenho esperança que o valor da gasolina baixe mais".

Alegando que prefere a qualidade do produto, o professor aposentado Douglas Caldas Oliveira, de 66 anos, morador de Anastácio - distante a 135 quilômetros de Campo Grande, não soube informar nem quanto custa o litro da gasolina em seu município.

Douglas veio para Campo Grande para resolver problemas de saúde e aproveitou para abastecer em um posto que está com a gasolina mais barata. "Não sabia da promoção, na verdade sempre abasteço aqui, pois acho mais importante a qualidade do combustível do que o valor propriamente dito", afirmou.

Um aplicativo lançado gratuitamente para celulares Android , chamado Status do Combustível, permite que o usuário tenha controle dos gastos, além de conferir se a numeração da bomba é igual a da emitida na nota fiscal, ele ainda pode informar se postos estão vendendo o produto fraudado.

Essa foi a forma que Fernando Ricardo Ientzsch, de 31 anos, achou para economizar e ter um controle de quanto está gastando. "Eu abasteci por duas vezes em um posto, e notei a diferença de 600 ml entre o que o aplicativo informava e o que estava na nota fiscal. Outro fator importante é a diferença na quilometragem, geralmente o veículo faz cerca de 10 quilômetros, mas quando abasteci na promoção, caiu para 8.1", disse. 

Fernando costuma abastecer em vários postos diferentes para aproveitar as promoções, mas já notou diferença em alguns abastecimentos com relação ao que que foi cobrado na bomba e o que constava na ferramenta. "O aplicativo é bom porque você consegue acompanhar os gastos e a qualidade do produto".




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions