A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Setembro de 2014

07/10/2013 16:02

Contribuinte acha valor do IPTU injusto e é contra reajuste em 2014

Lidiane Kober
Claúdio não vê justificativa para aumento o imposto e cobra benfeitorias (Fotos: Cleber Gellio)Claúdio não vê justificativa para aumento o imposto e cobra benfeitorias (Fotos: Cleber Gellio)
Marina quer saber aonde para o dinheiro arrecadado com os impostosMarina quer saber aonde para o dinheiro arrecadado com os impostos

Por não visualizar retorno, campo-grandenses acham injusto o valor do IPTU (Imposto sobre Propriedade e Territorial Urbano), considerado o 3º mais caro do País, e protestam contra eventual aumento em 2014. Para eles, falta transparência na aplicação dos recursos e o correto seria congelar o imposto até a população ter saúde, educação e segurança de qualidade.

Veja Mais
Campo-grandense paga o 3º IPTU mais caro do País, revela Tesouro Nacional
Cotação do dólar volta a fechar em alta e moeda é vendida a R$ 2,365

“São tantas casas e apartamentos na cidade, é muito dinheiro arrecadado, mas a gente não sabe aonde esses milhões param”, comentou a professora, Marina Morgantini, 50 anos. Em 2013, devem entrar R$ 255,3 milhões nos cofres da prefeitura por meio da do imposto e a previsão é arrecadar R$ 301,5 milhões em 2014, um reajuste de 18%.

Para ficar em dia com o IPTU, Marina desembolsa aproximadamente R$ 5 mil por ano, mas não vê melhorias em sua região. “Nos últimos anos, não vi nenhuma benfeitoria e, apesar de a Constituição nos dar o direito a atendimento na área da saúde, pago plano particular para evitar filas e melhorar a qualidade de vida da minha família”, frisou.

Morador do Jardim Itamaracá, Claúdio Borges, 47 anos, gasta cerca de R$ 700 por ano com o imposto. “E não moro em nenhuma mansão, mas em uma casa popular, com a rua toda esburacada e a iluminação pública vive dando problema”, relatou. “E cada dia está mais difícil ganhar dinheiro para pagar esse mundaréu de impostos e sustentar altos salários de corruptos”, desabafou.

Para Magno, o certo é baixar ou no mínimo congelar o valor do IPTUPara Magno, o certo é baixar ou no mínimo congelar o valor do IPTU

Magno Silva Lopes, vendedor autônomo de 31 anos, engrossou o discurso e cobrou melhorias na saúde e na educação antes de se cogitar aumento no imposto. “Os postos da saúde vivem cheios, a gente é mal atendida e faltam médicos, por isso, o justo é baixar o valor do IPTU ou congelar até a gente ter atendimento digno”, defendeu.

A diarista Lucimara Lopes da Silva, 55 anos, avaliou como “absurda” a possibilidade de reajustar em 18% o imposto, a partir do próximo ano. “O salário do pobre é corrigido de acordo com a inflação e a gente precisa sobreviver com isso, então, não dá para aceitar aumentos como esse”, disse.

Desacreditada com o setor público, a viúva Francisca Barbosa Costa, 66 anos, está decidida a dar calote na prefeitura e não pagar os R$ 500 de IPTU. “Vivo com um salário mínimo e ainda tenho um filho especial, uma muda e surda e outro acidentado para cuidar”, contou. “Esse ano não quero nem saber, não vou pagar esse imposto para sustentar essa ladroagem que a gente anda vendo”, emendou.

Pesquisa - Segundo levantamento do Tesouro Nacional, o campo-grandense paga o 3º maior valor do IPTU entre os moradores das capitais. O tributo consume 1,41% da renda do município, o maior percentual entre as 27 cidades. Apesar de o imposto ser um dos mais caros do País, o prefeito Alcides Bernal (PP) prevê aumento de 18% na arrecadação para 2014.

Ainda de acordo com a pesquisa, o IPTU per capita em Campo Grande é de R$ 283,89, dividindo-se o total arrecadado pelo número de habitantes. O valor só fica abaixo dos pagos pelos moradores de São Paulo (R$ 441,91) e Belo Horizonte (R$ 290,60). Em relação ao menor valor cobrado nas capitais, que é de R$ 14,33, em Macapá (AM), o campo-grandense paga 1.881% a mais.

Desacreditada com o setor público, Francisca está decidida a dar o calote na prefeituraDesacreditada com o setor público, Francisca está decidida a dar o calote na prefeitura
Para Lucimara, cobra-se muito imposto e o retorno à sociedade é poucoPara Lucimara, cobra-se muito imposto e o retorno à sociedade é pouco
Veja Também
Cotação do dólar volta a fechar em alta e moeda é vendida a R$ 2,365
O dólar comercial voltou a fechar com valorização, de 0,31%, nesta quarta-feira, cotado a a R$ 2,365 na venda. Esse valor é um recorde desde 11 de ma...
Semana de Execução Trabalhista em MS começa no dia 22
De 22 a 26 de setembro acontece em Mato Grosso do Sul a 4ª Semana Nacional de Execução Trabalhista. O evento é anual e promovido pelo TST (Tribunal S...
Ministra deixa para o plenário do STF decisão sobre benefício fiscal de MS
A ministra do STF (Supremo Tribunal Federal) Rosa Weber determinou que ação movida pelo Governo de São Paulo contra legislações de Mato Grosso do Sul...


Oi a minha casa é beneficiada pelo Programa Minha Casa Minha vida e até agora não recebi a cobrança do IPTU. Preciso saber se sou isenta ou não do IPTU ou se esse valor virá na parcela da minha casa???
 
Renata Duarte de Carvalho Nantes em 29/01/2014 21:00:41
Meu IPTU passou de R$ 800,00 em 2010, para R$ 4.800,00 em 2.011. Um aumento de apenas 6 vezes. Qual a alegação: aumento do valor venal! Os políticos têm dois discursos: o primeiro antes de eleito - estão dizendo que atenderão aos anseios do povo; outro depois, estarão atendendo aos desejos dos aliados...É uma piada!
 
LUIZ JOSÉ DA SILVA em 08/10/2013 10:16:38
Quero ver se os vereadores terão a cara de pau de votar um aumento de 18% no iptu enquanto o salario do trabalhador sobe 6%.Aonde esta a coerência,sendo que o bernal foi eleito com uma das propostas de não aumentar o imposto.Alem do mais a prefeitura esta com todas suas obras estagnadas,e então pergunto:para onde esta indo o dinheiro?
 
Paulo Ramos em 08/10/2013 05:29:31
Pensar que em cidades como Manaus, quem mora em apartamento de 300 mil paga só 250 reais de IPTU...
Pode ter certeza que esse aumento vai ser aprovado em reunião extraordinária no dia 29 de dezembro quando todo mundo estiver já viajando... feliz da vida com o Ano Novo...
 
Lizandra Barros em 08/10/2013 00:37:35
O 3º mais caro do país e nem somos a 15º melhor cidade do mesmo! O imposto deve condizer com os benefícios e o que esta ocorrendo é aumento para bancar a "corja" que aumenta seus próprios salários, tem benefícios e regalias que o povo é obrigado a sustentar e sem reclamar(pois não adianta e sempre continua). Isso só mostra onde estão os verdadeiros "criminosos" deste país, tenho certeza que o que ocorre na política é bem mais nocivo ao povo do que os crimes daqueles que estão nas cadeias!
 
Alexandre de Souza em 07/10/2013 21:36:46
IPTU congelado é palavra do atual prefeito, palavra que ele deu antes de ser eleito.Para reforçar sua campanha falou muitas vezes que não aconteceria reajuste, vamos aguardar.
 
Joao G.Filho em 07/10/2013 20:32:31
Muito injusto,afinal nem todos bairros possuem asfalto o meu é um deles Tijuca I rua Tabira!
 
Marta Alves em 07/10/2013 19:59:23
Quando meu IPTU subiu 15% ano passado... em um bairro sem asfalto, esgoto ou posto de saúde, fui reclamar, pois o prefeito Nelson Trad havia dito que esse aumento só aconteceria onde tivessem feito alguma melhoria. Na prefeitura fui informada que se fizesse a reclamação meu IPTU poderia subir mais ainda, pois segundo o funcionário todo mundo sabe que o preço venal está avaliado abaixo do mercado.
Ficamos reféns desses desonestos, mentirosos que só sabem tirar proveito da população... se tivéssemos retorno desses impostos todos que pagamos eu nem falaria nada, mas além de tudo que pagamos ainda temos que pagar plano de saúde e escola para nossos filhos... até o esgoto teremos que pagar. Um absurdo!
 
Debora Sil em 07/10/2013 19:50:14
Na verdade eles aumentam o IPTU para sustentar o aumento salarial dos vereadores em 60% e seu CAFÉ DA MANHÃ DE LUXO, vcs não sabiam???
 
Emerson Rodrigues em 07/10/2013 19:14:42
Para quem não sabe ainda o aumento do IPTU 2014 esta entre 14 a 28%.então esta votaram no Bernal vai cobrar dele
 
eraldo afonso bento em 07/10/2013 18:59:07
A populacao tem que se unir e boicotar o IPTU, se ninguem pagar eles vao ter que voltar atras, mas que vai ter aumento vai, que ano que nao teve na administracao do Nerso?
 
Maximiliano Nahas em 07/10/2013 18:46:21
nao foi o bernal que disse que ia reduzir o imposto em campanha? agora tudo so funciona por meio de licitacao de urgencia e falar mal da administracao passada.
 
lilian petri em 07/10/2013 17:17:26
vinte anos de PMDB em Campo Grande deu nisso...
 
Marcos Batista em 07/10/2013 17:09:10
AUMENTO DO IPTU 2014? SOMENTE PODERÁ SER FEITO COM AUTORIZAÇÃO DA Câmara de Vereadores. Será na calada da noite já aprovaram esse aumento? Vamos verificar minha gente.
 
jose maria santos em 07/10/2013 17:04:05
é por isso que vou defender o FOTO NULO nas proima eleiçoes, chega de corrupção, foto nulo,não porque desconheço os politicos é por falta de opção mesmo...
 
JOSE M COSTA em 07/10/2013 16:30:49
imagem transparente

Desenvolvido por Idalus Internet Solutions