A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Setembro de 2016

21/01/2015 10:08

Crédito ao consumidor fica mais caro a partir de amanhã com aumento do IOF

Priscilla Peres

A partir de amanhã (22) o consumidor que fizer qualquer tipo de financiamento ou contrair crédito, vai pagar o dobro. Isso por que o governo aumentou a alíquota do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) nas operações de crédito para as pessoas físicas, passando de 1,5% para 3%.

Veja Mais
Paralisação dos bancários completa 20 dias sem previsão de término
Entre a novidade e a decadência, quadrilátero é retrato do comércio

O aumento faz parte das medidas anunciadas na segunda-feira pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, em estratégia do governo para aumentar a arrecadação e melhorar o superavit primário (economia para o pagamento de juros da dívida pública).

Para o economista Paulo Ponzini, na prática o aumento do IOF significa que o crédito ao consumidor vai ficar mais caro. "Todas as operação que incluem esse imposto, entre elas financiamento e crédito pessoal, vão custar mais para o consumidor", afirma. Para ele a medida do governo era necessária.

Para o consumidor, Ponzini aconselha que o momento é deu cautela. "O que falta é a população se conscientizar, pensar melhor antes de contrair crédito e se cercar de dados e informações para evitar prejuízos", afirma. Isso significa que antes de assumir uma dívida, o consumidor precisa ter certeza de que tem condições de arcar com ela até o fim.

Outras medidas - O governo Federal pretende obter este ano R$ 20,6 bilhões em receitas extras, sendo que a maior arrecadação virá da elevação do PIS (Programa de Integração Social ) e da Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) sobre os combustíveis e do retorno da Cide (Contribuição para Intervenção no Domínio Econômico).

Outra medida é o aumento do PIS e da Cofins sobre os produtos importados. A alíquota subirá de 9,25% para 11,75%. O governo decidiu aumentar também o Imposto sobre IPI (Produtos Industrializados) para o atacadista e equipará-lo ao industrial. (Com Agência Brasil) 




PRA RESOLVER A SITUAÇÃO DO BRASIL, SÓ TEM UMA SOLUÇÃO, JOGAR UMA BOMBA PRA ACABAR COM O BRASIL RECOMEÇAR DO ZERO.
 
japa em 21/01/2015 13:48:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions