A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2017

13/11/2016 09:22

Depois da alta da carne bovina, preço do frango fica 50% mais caro

Fernanda Yafusso
Frango congelado teve um aumento de 50% no preço, se comparado ao mesmo período no ano passado (Foto: Fernanda Yafusso)Frango congelado teve um aumento de 50% no preço, se comparado ao mesmo período no ano passado (Foto: Fernanda Yafusso)

Depois de repetidas altas no preço da carne bovina, o frango também começa a pesar no bolso do consumidor. A proteína animal está 59% mais cara do que no ano passado, segundo levantamento do Nepes (Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômicas e Sociais). 

Em outubro de 2015, o quilo do frango congelado da marca Sadia, por exemplo, era vendido por R$ 4,58. Neste ano o valor chega a R$ 7,30 nas prateleiras dos supermercados.

Enquanto que o quilo dos cortes bovinos acém e picanha, tiveram uma variação mínima, de 5%, se comparado ao mesmo período no ano passado.

Depois de substituir a carne bovina, agora o consumidor tenta encontrar alternativas para o frango. O educador físico de 29 anos, Hugo d'Ávila, não abre mão do frango no dia a dia e para economizar, comprou o tipo filé sassami que é mais barato que outros cortes.

"Eu não compro carne bovina regularmente porque está muito caro, só se for para algum prato especial. Já o frango eu gasto por semana em média R$ 17 reais, pois pratico muitos exercícios, e ela por ser rica em proteína me ajuda com os treinos", conta.

Já o técnico de informática, Jorge Miranda de 26 anos, reduziu em 50% o valor reservado para a compra dos alimentos. "Nós moramos em três pessoas e antes gastávamos R$ 100 por mês comprando carne e frango. Com esse valor passávamos o mês inteiro. Hoje além de reduzir pela metade o valor reservado mensalmente, ainda precisamos alternar os pratos do cardápio. Quando não conseguimos comprar a carne fazemos alguma torta com legumes, por exemplo".

Solange conta que não sentiu tanta diferença no preço do frango e não deixa de comprar carne bovina (Foto: Arquivo Pessoal/Solange Barbosa)Solange conta que não sentiu tanta diferença no preço do frango e não deixa de comprar carne bovina (Foto: Arquivo Pessoal/Solange Barbosa)

Outras carnes - Ainda de acordo com dados do Nepes, o preço da carne bovina tem se mantido estável. O quilo do acém, por exemplo, está custando R$ 14,64, quase 5% a menos se comparado ao ano passado, quando chegava a R$ 15,35.

Já o quilo da picanha teve uma variação de 4,86% em relação ao mesmo período no ano passado, chegando a custar R$ 32,26. Neste mês o preço cobrado nas prateleiras chega a R$ 33,83, o quilo.

O quilo do pintado em posta era vendido por R$ 26,69 em outubro,  aumento de 36% se comparado ao mesmo mês do ano passado, quando chegou a custar R$ 19,64.

Solange Barbosa, explica que não sentiu tanto o aumento no preço do frango, mas sim da carne. "Antes eu encontrava o quilo do contra filé por R$ 15 e hoje em alguns supermercados eu vejo que está custando até R$ 22. Já o coxão duro eu não senti tanta diferença no preço".

Carne bovina teve uma alteração de 5% nos preços, de acordo com o Nepes (Foto: Fernanda Yafusso)Carne bovina teve uma alteração de 5% nos preços, de acordo com o Nepes (Foto: Fernanda Yafusso)

Ela explica que pelo menos duas vezes na semana cozinha frango e sempre encontra cortes em promoção, fator que ajuda na hora de encontrar uma alternativa para a compra das carnes.

"Eu e meu esposo consumimos 6 kg de carne mensalmente e percebemos que a variação nos preços é geralmente em dias de promoção. Mas não deixamos de incluir a carne no cardápio, e como o frango está sempre na promoção eu alterno entre coxa, peito, sobrecoxa", explica.

 

Ladrões arrombam cadeado e furtam carne de caminhão estacionado em rua
Ladrões arrombaram o cadeado de um caminhão de placas de Terenos e furtaram várias peças de carne, na madrugada de hoje (26), na Rua Ibira, no Jardim...
Homem diz estar com fome e sem dinheiro ao ser detido por furtar carne
Alegando estar com fome e sem dinheiro, um homem de 25 anos foi detido tentando furtar dois pedaços de carne de um supermercado na manhã deste doming...
Cobrança de bagagem em voos pode começar em 14 de março
Apesar da tramitação de uma proposta no Congresso Nacional para impedir que as empresas aéreas cobrem por qualquer bagagem despachada pelos passageir...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions