A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 01 de Outubro de 2016

20/01/2016 10:20

Desaceleração do mercado externo faz exportações caírem 21% em 2015

Priscilla Peres
Os produtos industrializados representam 61% de tudo o que é exportado em MS. (Foto: Fiems)Os produtos industrializados representam 61% de tudo o que é exportado em MS. (Foto: Fiems)

A exportação de produtos industrializados teve queda de 21,9% em 2015, com a receita caindo de US$ 3,68 bilhões para US$ 2,87 bilhões, segundo dados da Fiems (Federação da Indústria de MS). A queda no preço do minério de ferro e a redução de compra de países compradores da carne brasileira.

Veja Mais
Uso de hidrovia pode recuperar queda de 56% em exportações
Exportações do Estado têm queda de 9%, apesar de consumo da China

No ano passado, os produtos industrializados representaram 61% de tudo que foi exportado pelo Estado e somaram 9.288.241 toneladas. “Em dezembro, a venda externa de produtos industriais totalizou US$ 266,8 milhões, queda nominal de 6,4% em relação ao mesmo mês de 2014, quando o valor foi de US$ 285,0 milhões", detalhou coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende.

O grupo Extrativo Mineral é o que apresentou queda mais expressiva, de 64,7% em relação a 2014. O resultado se deve, principalmente ao preço médio da tonelada caiu de US$ 69,00 em 2014 para US$ 33,00 em 2015. Os minérios exportados por Mato Grosso do Sul tiveram a Argentina como principal destino com 97,3% do total ou US$ 178,8 milhões.

O setor frigorífico foi o segundo com maior queda nas receitas, 27,1% sobre o ano anterior. Isso aconteceu porque países compradores da carne brasileira reduziram o consumo, como a Rússia, que sozinha foi responsável por uma redução superior a US$ 251 milhões.

Até o grupo de Papel e Celulose apresentou queda em 2015. A retração foi pequena, de 1,8% em relação a 2014, também influenciado pela desaceleração do mercado externo. Holanda, Vietnã, Estados Unidos, França, Emirados Árabes Unidos e Coreia do Sul, que, somados, compraram US$ 80 milhões a menos, quando comparado com o ano passado.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions