A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

05/04/2016 16:09

Do valor da fatura de energia, apenas 23% é destinado a empresa

Priscilla Peres

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou hoje, o reajuste tarifário anual médio de 7,19% entre os consumidores da Energisa em Mato Grosso do Sul. O índice é menor que a inflação dos últimos 12 meses.

Veja Mais
Conta de energia para consumidores residenciais ficará 7,38% mais cara
Reunião que define percentual de reajuste da energia acontece nesta terça

De acordo com a empresa responsável pelo serviço, do total do aumento, 4,27% são destinados a Custos de Aquisição e Transporte de Energia Elétrica e Encargos Setoriais e apenas 2,92% ficam com a Energisa.

A fatura de energia elétrica é dividida entre três segmentos, sendo que 41,15% é referente a impostos e encargos setoriais, 35,39% são custos de geração e transmissão da energia e 23,46% se referem a distribuição, serviço feito pela Energisa.

É com essa fatia de recurso que a empresa distribui energia, paga funcionários, fornecedores e prestadores de serviço, mantém e amplia a rede e os sistemas elétricos, além de investir na modernização e melhoria crescente da qualidade dos serviços prestados.

Reunião que define percentual de reajuste da energia acontece nesta terça
Acontece nesta terça-feira (4), durante a 11ª Reunião Pública Ordinária da Diretoria de 2016 da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), a discu...
Agência nacional projeta reajuste de 7,19% na conta de energia em abril
A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) projeta aumento de 7,19% na conta de energia de Mato Grosso do Sul. O reajuste tarifário anual passa a...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions