A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Setembro de 2016

25/11/2015 17:59

Economista estima que conta de energia suba até 20% com leilão de usina

Renata Volpe Haddad
Leilão pode encarecer custo da energia elétrica para os consumidores. (Foto: Vanessa Tamires/ Arquivo)Leilão pode encarecer custo da energia elétrica para os consumidores. (Foto: Vanessa Tamires/ Arquivo)

Com o leilão das usinas de Jupiá e Ilha Solteira arrematada pela empresa China Three Gorges Brasil Energia Ltda, os consumidores brasileiros vão arcar com um reajuste de energia de 15% a 20%, em função do processo de privatização.

Veja Mais
Grupo chinês arremata por R$ 13,8 bi hidrelétricas na divisa de MS
Prefeitura entra com pedido de liminar para cancelar leilão de hidrelétricas

De acordo com o economista Fernando Abrahão, o reajuste deve-se a taxa de outorga estabelecida no leilão. "Haverá um aumento na arrecadação do ICMS e o kw/h vai triplicar de R$ 32 para R$ 120, triplicando também o valor da energia", comenta.

Esse reajuste será rateado entre os consumidores do país, já que outras usinas também passam por processo de privatização.

Ainda segundo o economista, o reajuste tarifário deve ser a partir de abril de 2016. "A tabela de reajuste de Mato Grosso do sul é sempre em meados de abril, mas o aumento para os consumidores deve acontecer no máximo até 2017", explica.

E com o aumento da energia, outros produtos também sobem de preço, principalmente alimentos industrializados. "Hoje em dia tudo funciona a base da energia elétrica e os supermercados e açougues que têm muitos resfriadores e freezers, acabam repassando o aumento para o consumidor", alega.

Porém, a privatização é positiva para o Brasil, já que as empresas tem uma capacidade de investimento melhor que o governo. "O país ganha com isso e outro fator é que os royalties dos municípios vão triplicar com a privatização das hidrelétricas, ou seja, onde as usinas estão instaladas, as cidades recebem mais", afirma.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions