A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Setembro de 2016

26/02/2015 16:32

Em 2014, Vale investiu US$ 351 milhões em exploração de minério em MS

Priscilla Peres
A produção própria de minério de ferro da Vale, atingiu o recorde de 319,2 Mt em 2014. (Foto: Divulgação)A produção própria de minério de ferro da Vale, atingiu o recorde de 319,2 Mt em 2014. (Foto: Divulgação)

Mato Grosso do Sul recebeu US$ 351,3 milhões em investimentos da Vale durante o ano passado. Os recursos foram destinados, sobretudo, para áreas de minério de ferro e manganês e só ao setor socioambiental foram destinados US$ 8,8 milhões.

Veja Mais
Vale prevê doação de R$ 1,5 milhão para projeto que preserva a Serra do Amolar
Paralisação dos bancários completa 20 dias sem previsão de término

Nesse período, a produção de minério de ferro na região de Corumbá e Ladário passou dos 5,8 milhões de toneladas. De acordo com o relatório trimestral de resultados, "a produção no Sistema Centro-Oeste foi reduzida em 2014 para um ajuste nos níveis de estoque. Portanto, a produção foi ligeiramente menor do que em 2013, sem nenhum impacto nas vendas".

A produção própria de minério de ferro da Vale, excluindo o minério de ferro adquirido de terceiros e a produção atribuível à Samarco, atingiu o recorde de 319,2 Mt em 2014, 19,4 Mt acima de 2013 e 7,2 Mt acima do target de produção própria para o ano.

A produção de minério de manganês, usado pela indústria para a fabricação de aço e ferroligas, cresceu 46% na comparação com 2013, em Mato Grosso do Sul. No ano passado a Vale produziu 601 mil toneladas do produto ante 411 mil toneladas registradas no ano anterior. No quarto trimestre, a produção de Urucum alcançou o recorde histórico de 177 mil toneladas, 51,1% acima de equivalente período em 2013.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions