A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 01 de Outubro de 2016

05/05/2015 15:16

Em cenário de crise, comércio esperar vender apenas 6% a mais este ano

Mariana Rodrigues
Segundo pesquisa, os consumidores pretendem gastar menos este ano. (Foto: Marcelo Calazans)Segundo pesquisa, os consumidores pretendem gastar menos este ano. (Foto: Marcelo Calazans)

A expectativa do comércio da Capital é crescer 6% nas vendas deste ano para o Dia das Mães, comemorado no próximo domingo (10). Conforme informou o presidente da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), Hermas Renan Rodrigues, o crescimento não é o desejado, mas é o melhor que todos esperavam devido ao atual cenário econômico.

Veja Mais
Procura é tímida e lojistas esperam corrida por presentes só no sábado
Confeitaria inova e lança torta exclusiva para celebrar o Dia das Mães

Hermas acredita que o mês de maio é considerado positivo para as vendas, mesmo com a cautela do empresariado. "Nesta segunda data mais importante do comércio no ano, o objetivo é enfrentar a situação para não recuar e perder espaço no mercado", disse.

Mesmo com as vendas consideradas fracas para a data, a expectativa de melhora nas compras começa a partir da próxima sexta-feira (8), quando os servidores municipais recebem seus salários, com isso, deverá ser injetado R$ 97 milhões na economia da Capital. 

A expectativa de melhora nas compras começa a partir da próxima sexta-feira.(Foto: Marcelo Calazans)A expectativa de melhora nas compras começa a partir da próxima sexta-feira.(Foto: Marcelo Calazans)

Presente - Pesquisa da ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande), em parceria com a Estácio de Sá revela que dos 87% dos entrevistados que pretendem comprar presentes para a data, a maioria vai pagar à vista, 70,6%.

Os entrevistados revelaram ainda que pretendem gastar menos este ano, 47,6% deve gastar entre R$ 51 e R$ 100; e apenas 28,2% dos entrevistados pretendem investir mais, comprando presentes no valor de R$ 101 a R$ 200.

Dentre os itens preferidos para presentear, o vestuário é a opção predominante (32,8%). Perfumes e cosméticos assumem a segunda colocação (27,2%), calçados (8,4%) a terceira, joias/bijuterias (5,6%) e bolsas/carteiras (4,7%) completam o ranking dos a serem comprados pelos campo-grandenses.

A expectativa de vendas para a data ainda é moderada, de acordo com a Associação Comercial. “Levando em consideração os rumos da economia brasileira, o empresário precisa estabelecer estratégias, como descontos, promoções, brindes, para conquistar o cliente, pois o consumidor está menos confiante para comprar itens de maior valor", esclarece o presidente da ACICG, João Carlos Polidoro.

Local para compras - Segundo pesquisa da ACICG, como os shoppings possuem um espaço que reúne variedade de produtos, 50,2%, dos consumidores escolheram esses locais para realizarem suas compras. Os comércios do centro também serão bem procurados pelos entrevistados, tendo como representação nesta pesquisa 34,5% da escolha. A quantidade daqueles que optaram por comprar pela internet é de 2,3%.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions