A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 01 de Outubro de 2016

16/11/2015 16:13

Em época de “vacas magras”, comércio deve faturar 20% menos no Natal de 2015

Helio de Freitas, de Dourados
Comércio de Dourados espera faturamento de R$ 9,3 milhões, segundo pesquisa da Fecomércio (Foto: Eliel Oliveira)Comércio de Dourados espera faturamento de R$ 9,3 milhões, segundo pesquisa da Fecomércio (Foto: Eliel Oliveira)

O comércio de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande, espera vendas mais fracas no Natal de 2015. Pesquisa da Fecomércio (Federação do Comércio de Mato Grosso do Sul), divulgada nesta segunda-feira (16), mostra que as compras natalinas devem movimentar R$ 9,3 milhões – valor 20% inferior aos R$ 11,7 milhões esperados no ano passado e 45% menor que os R$ 17,1 milhões de 2013.

Veja Mais
Confiança dos empresários cai 2% e 65% veem piora na economia nacional
Dólar comercial fecha a semana em alta e cotado na venda a R$ 3,25

A pesquisa aponta ainda que devem circular no mercado varejista da cidade R$ 117,9 milhões do salário de novembro, pago no início de dezembro, mais R$ 67,3 milhões do saldo do 13º salário de empregados formais, sem considerar parcelas dos aposentados, pensionistas, segurados e empregadas domésticas.

Já o presente de Natal terá valor médio de R$ 125. Dos consumidores entrevistados, 76% disseram que irão às compras. Desses, 49% poderão comprar até dois presentes e 23% até três.

Vão receber presentes os pais (7%), as mães (15%), os filhos (16%) e os esposos (as) e namorados (as) (22%). Grande parte dos presentes deste Natal será roupas (26%), brinquedos (16%), acessórios (10%), calçados (9%) e perfumaria (3%).

À vista e no cartão – Conforme a pesquisa da Fecomércio, 70% dos entrevistados vão fazer as compras à vista com dinheiro, cartão de débito ou cheque, 9% à vista com cartão de crédito, 4% a prazo com cartão de crédito e 17% a prazo através de formas oferecidas pelos lojistas. Dos que vão comprar a prazo, 56% vão dividir em até três parcelas e 28% em até quatro parcelas.

Última hora – A pesquisa mostrou também que as compras deverão ser feitas muito próximas ao Natal, pois 53% dos consumidores vão comprar os presentes a menos de 10 dias antes da festa natalina. Outros 35% pretendem comprar com antecedência maior que dez dias do Natal e 7% na véspera.

As lojas do centro são as escolhidas por 65% dos consumidores, 2% nas lojas dos bairros, 4% nas lojas da internet e 29% escolherão as lojas do shopping.

Dívidas e poupança – Da população economicamente ativa que receberá a parcela do 13º salário em 2015, 31% deverão utilizar parte para pagar contas em atraso (cheque especial e cartão de crédito, principalmente), 19% prometem aplicar na caderneta de poupança, 23% vão fazer compras de Natal e 6% vão reservar o dinheiro para despesas do início do ano.

Confiança dos empresários cai 2% e 65% veem piora na economia nacional
A confiança do empresário de Campo Grande continua a cair de acordo com cálculo do ICEC (Índice de Confiança do Empresário do Comércio), da CNC (Conf...
Dólar comercial fecha a semana em alta e cotado na venda a R$ 3,25
Apesar do dólar ter fechado em queda de 0,12% no dia, e cotado a R$ 3,252 na venda, a moeda norte-americana fechou a semana com uma leve alta de 0,14...
Bandeira tarifária de outubro é verde, sem valor adicional nas contas de luz
A bandeira tarifária que será aplicada nas contas de luz em outubro será verde, sem custo para os consumidores de energia elétrica. Este é o sétimo m...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions