A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Setembro de 2016

21/05/2015 17:54

Em recuperação judicial há 5 meses, Grupo São Bento fecha seis lojas

Mariana Rodrigues
Atualmente o grupo tem cerca de 60 lojas distribuídas em MS e MT. (Foto: Marcelo Calazans)Atualmente o grupo tem cerca de 60 lojas distribuídas em MS e MT. (Foto: Marcelo Calazans)

Em recuperação judicial há cinco meses, o Grupo São Bento já fechou seis lojas em Campo Grande. O motivo é a necessidade de reestruturação para recuperar o bom andamento da rede de farmácias, segundo a empresa.

Veja Mais
Grupo São Bento deve R$ 73,9 milhões para 1.370 credores, segundo Justiça
Recuperação judicial da São Bento inclui de rede de lojas a distribuidora

De acordo com o presidente do Grupo, Luiz Buainain, atualmente a rede tem em torno de 55 lojas distribuídas em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Porém o site da empresa informa 91 lojas, diante disso, Buanain argumenta que "o site não passa por atualização há muito tempo", e continua afirmando que apenas seis lojas foram fechadas.

Segundo Buainain, ainda não se pode precisar se mais lojas serão fechadas, "isso vai depender da necessidade". Ele disse ainda que várias medidas estão sendo tomadas para melhoria da rede. "Estamos aumentando o treinamento dos colaboradores e melhorando os níveis de estoque", contou.

Com relação a quantidade de funcionários que o Grupo possui, ele falou que não tem como saber, pois devido ao fechamento das lojas, alguns colaboradores foram demitidos e outros estão sendo remanejados para outras unidades.

No começo do ano, a Justiça deferiu a recuperação da rede São Bento. Na ação, o Grupo retraiu dívida de R$ 73,9 milhões. De acordo com o processo, a crise foi atribuída ao fraco desempenho da economia, alta carga tributária, elevadas taxas de juros, imposição contratual de compra de medicamentos perto do prazo de validade e concorrência desleal de grandes grupos nacionais.

Buanain comenta que o processo de recuperação judicial está dentro dos parâmetros exigidos pela justiça. "Estamos realinhando e trabalhando para que o grupo volte ao que era antes", disse.

Funcionários - Com o fechamento de algumas lojas e devido o processo de recuperação judicial, dezenas de funcionários foram demitidos. De acordo com o presidente do Sinprafarms (Sindicato dos Oficiais Práticos e Funcionários de Farmácia de Drogarias do Estado), Heitor Scarpellini Urunaga, cerca de 20 trabalhadores procuraram o sindicato para solucionar o processo de rescisão.

"O Sindicato está se mobilizando para resolver o problema, até a próxima semana vamos nos reunir com todos os trabalhadores, discutir com eles uma solução e depois iremos convocar a empresa e apresentar a proposta", afirmou.

Heitor acredita que o número de funcionários com problemas para receber a rescisão pode ser ainda maior, pois muitos não chegam a procurar o Sindicato. "Tem trabalhadores que ficam um período de tempo menor na empresa e não procura o Sindicato, então acredito que o número possa ser maior", finalizou.

História - O Grupo São Bento faz parte da história de Campo Grande, a primeira farmácia foi fundada pelo patriarca Adib Assef Buainain em 1948, na rua 14 de Julho esquina com a Marechal Cândido Mariano Rondon, onde se encontra até hoje.

Em Mato Grosso, foram abertas filiais em duas cidades, Cuiabá e Várzea Grande, no ano de 1999. Em 1982, a segunda geração da família entrou nos negócios. Atualmente, os cinco filhos são responsáveis pelo grupo.

 

 




E o preço ???
Tem que baixar o preço dos medicamentos, se não já era.
 
wild em 21/05/2015 20:31:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions