A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Setembro de 2016

01/10/2014 15:05

Em um ano, comércio movimenta R$ 37 bilhões e emprega 128 mil em MS

Priscilla Peres
Pesquisa Anual do Comércio divulgada hoje revela  dados das empresas comerciais do Estado.(Foto: Marcelo Victor)Pesquisa Anual do Comércio divulgada hoje revela dados das empresas comerciais do Estado.(Foto: Marcelo Victor)

As empresas comerciais de Mato Grosso do Sul movimentaram R$ 37.167 bilhões em 2012, referentes à receita bruta de revenda e de comissões sobre venda. No mesmo período os salários, retiradas e outras remunerações somaram R$ 1.760 bilhão, segundo dados do PAC 2012 (Pesquisa Anual do Comércio).

Veja Mais
Greve dos bancários chega ao 19º dia com 144 agências sem atendimento
FCO amplia acesso para empresas que faturam até R$ 16 milhões por ano

Divulgada hoje pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), até 31 de dezembro de 2012 haviam 128 mil pessoas empregadas pelo comércio e 20 mil unidade locais com receita de revenda. A margem de comercialização foi de R$ 1.760 milhão.

Nesse contexto, o comércio por atacado responde R$ 17,451 bilhões da receita bruta de revenda e emprega mais de 17 mil funcionários. Em 2012, esse segmento movimentou R$ 336 milhões em salários, retiradas e outras remunerações.
O comércio varejista apresenta receita bruta de R$ 15,201 bilhões, emprega 95 mil trabalhadores e movimentou em 2012, R$ 1.140 bilhão. Já o comércio de veículos, peças e motocicletas tem receita bruta de R$ 4.514 bilhões, emprega 16 mil pessoas e com salários e outra remunerações movimentou R$ 283 milhões.

Ainda conforme os números do IBGE, a região Centro-Oeste tem receita bruta de R$ 248 bilhões, margem de comercialização de R$ 48 bilhões, e movimenta R$ 11 milhões com salários e outras remunerações. O comércio da região emprega 835 mil pessoas em 139 mil unidades com receita de revenda.

Brasil - Os dados da PAC 2012 revelam que o país tem 1,613 milhão de empresas comerciais que ocuparam 10,2 milhões de pessoas em 2012, representando 600 mil postos de trabalhos a mais que em 2011. Estas receberam R$ 150,1 bilhões em salários, retiradas e outras remunerações e geraram R$ 2,4 trilhões em receita operacional líquida (deduzidos impostos, contribuições, vendas canceladas, abatimentos e descontos incondicionais).

O estrato certo da pesquisa, composto por empresas com 20 ou mais pessoas ocupadas, respondeu por 3,6% das empresas comerciais (58 mil), mas gerou 73,7% da receita operacional líquida (R$ 1,8 trilhão) e respondeu por 59,5% (R$ 89,9 bilhões) do total gasto em pagamento de salários, retiradas e outras remunerações, referentes a 45,1% de pessoas ocupadas (4,6 milhões).

FCO amplia acesso para empresas que faturam até R$ 16 milhões por ano
Foi aprovado nesta semana pelo Ceif (Conselho Estadual de Investimentos Financiáveis) do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) ...
Dólar comercial fecha a semana em queda e cotado a R$ 3,24
Após duas altas seguidas do dólar comercial durante a semana, a moeda norte-americana fechou nesta sexta-feira (23) cotado a R$ 3,247 na venda e com ...
Desemprego desacelara, e MS cria mais 1.077 vagas de trabalho em agosto
Mato Grosso do Sul abriu 1.077 empregos formais a mais no mês de agosto -equivalentes ao acréscimo de 0,21% -, em relação ao estoque de assalariados ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions