A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 01 de Outubro de 2016

21/05/2014 12:33

Fábrica de painéis solares irá gerar mais de 1 mil empregos diretos em MS

Bruno Chaves
Assinatura de termo de incentivos fiscais ocorreu nesta quarta-feira na governadoria (Foto: Cleber Gellio)Assinatura de termo de incentivos fiscais ocorreu nesta quarta-feira na governadoria (Foto: Cleber Gellio)

A empresa norte-americana Solar-Par irá gerar cerca de mil empregos diretos em Mato Grosso do Sul com a instalação de uma fábrica de painéis solares no Estado. A fábrica prevê faturamento anual de R$ 450 milhões.

Veja Mais
Governador assina hoje termo de incentivos fiscais com a Solar-Par
Dólar comercial fecha a semana em alta e cotado na venda a R$ 3,25

O anúncio foi feito pelo presidente da companhia, Tersandro Milagres, nesta quarta-feira (21), durante a assinatura dos termos de incentivos ficais à indústria feita com o governador André Puccinelli (PMDB). 

Conforme Puccinelli, o incentivo fiscal sobre o ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços) será de até 94%, dependendo do município que a empresa escolher para se instalar.

Baseada em estudos de macrozoneamento socioeconômico ecológico ambiental, a indústria terá que escolher entre as cidades de Campo Grande, Terenos e Sidrolândia para realizar a produção.

“Estamos definindo a questão da localização da planta e nossos técnicos vão escolher o melhor local. Em no máximo 30 dias, dependendo do licenciamento ambiental, vamos definir a cidade", afirmou Tersandro.

O presidente ainda emendou dizendo que "a intenção é começar a instalação da fábrica em setembro deste ano”. Durante a reunião, ainda foi lembrando que o investimento da companhia na primeira fábrica desse segmento na América do Sul será de aproximadamente R$ 220 milhões.

Também integrando a sequência de benefícios, a prefeitura escolhida irá ceder área de 100 mil metros quadrados à fábrica, além da isenção do ISSQN (Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza).

“Mato Grosso do Sul tem ousado em incentivos fiscais e tributários em um percentual maior que outros estados, por isso está ocorrendo uma industrialização em massa aqui. Isso é geração de empregos e distribuição de renda”, revelou o governador.

A consolidação da fábrica ocorrerá em três fases. Na primeira delas, prevista para iniciar em julho de 2015, serão 185 empregos diretos e 230 indiretos. Na segunda fase, em julho de 2016, serão 285 colocações diretas e 680 indiretas. Na última etapa, julho de 2018, serão 315 empregos diretos e 770 indiretos.

“Lembrando que no início da produção serão 1.100 empregos diretos”, disse Tersandro.

Governador assina hoje termo de incentivos fiscais com a Solar-Par
Será assinado pelo governador André Puccinelli nesta quarta-feira (21) às 11 horas na governadoria, o termo de acordo para concessão de incentivos fi...
Dólar comercial fecha a semana em alta e cotado na venda a R$ 3,25
Apesar do dólar ter fechado em queda de 0,12% no dia, e cotado a R$ 3,252 na venda, a moeda norte-americana fechou a semana com uma leve alta de 0,14...
Bandeira tarifária de outubro é verde, sem valor adicional nas contas de luz
A bandeira tarifária que será aplicada nas contas de luz em outubro será verde, sem custo para os consumidores de energia elétrica. Este é o sétimo m...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions