A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 01 de Outubro de 2016

25/07/2016 23:36

FCO libera crédito de R$ 29 milhões para empreendimentos rurais no MS

Nyelder Rodrigues
Conselho se reuniu para aprovar a liberação dos créditos já pré-aprovados (Foto: Divulgação)Conselho se reuniu para aprovar a liberação dos créditos já pré-aprovados (Foto: Divulgação)

Foram liberados R$ 29 milhões do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) para investimento em empreendimentos rurais em Mato Grosso do Sul. A liberação ocorreu após encontro do Conselho Estadual de Investimentos Financiáveis do Fundo, realizado na sexta-feira (22).

Veja Mais
Com investimentos de US$ 80 milhões, JBS inaugura unidade no Paraguai
Em meio à crise, idosos garantem movimento nas agências de turismo

Ao todo, foram homologadas 75 cartas consultas rurais simplicadas, que já tinham propostas apresentadas e pré-aprovadas junto ao banco. A quantia exata liberada é de R$ 29.058.153,28 que já estão disponíveis nas contas dos que requisitaram os recursos públicos.

Durante a reunião, que foi realizada na Semade (Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico), foram anuídas outras 12 cartas consultas empresarias, no valor total de R$ 13,79 milhões e 47 cartas consultas rurais, no valor de R$ 28,9 milhões. Entretanto, as verbas ainda não estão liberadas.

Esta foi a primeira reunião do Conselho Estadual após a aprovação das novas resoluções do Conselho Deliberativo do FCO, que vão de encontro em maior parte delas às propostas defendidas pelo Governo de Mato Grosso do Sul. Com isso, é possível beneficiar projetos nos setores de avicultura, suinocultura e Integração-Lavoura-Pecuária-Floresta.

O chefe da Semade, Jaime Verruck, ainda acrescentou que o Conselho recebeu do Banco do Brasil algumas propostas de mudança em algumas regras dos financiamentos rurais para agilizar ainda mais o andamento e a liberação das propostas. "São sugestões específicas para a área rural e que iremos avaliar", frisa.

Verruck ainda completa, afirmando que o setor é o qual as propostas que chegam ao FCO estão dentro do esperado. "O que nos preocupa, neste momento, ainda é a baixa demanda de empreendimentos para o FCO empresarial. Temos uma disponibilidade total de R$ 1,26 bilhão para serem aplicados nas duas frentes: rural e empresarial. Esse recurso pode chegar a R$ 1,5 bilhão".




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions