A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Setembro de 2016

20/08/2014 15:57

Feira do Empreendedor começa nesta quinta, com 250 atividades previstas

Liana Feitosa
Serão oferecidas 13 palestras ao longo dos quatro dias de evento. (Foto: Marcelo Calazans)Serão oferecidas 13 palestras ao longo dos quatro dias de evento. (Foto: Marcelo Calazans)

Quem já tem um negócio, quem deseja abrir um ou quem deseja lidar melhor com as próprias finanças pode participar, de graça, da Feira do Empreendedor, que chega a sua 6ª edição no Mato Grosso do Sul. A partir de amanhã (21) até 24 de agosto, no Centro de Convenções Albano Franco, cerca de 250 atividades entre palestras, oficinas e debates serão oferecidos. De acordo com a organização, a expectativa é que mais de R$ 3 milhões sejam movimentados graças a negócios firmados durante o evento.

Veja Mais
Águas Guariroba antecipa investimento para o Nova Lima em 10 anos
Feira do Empreendedor espera 30 mil, com palestrantes conhecidos

Segundo a gestora da feira, Lígia Oizumi, a iniciativa tem o objetivo de movimentar a economia. "Estimulando o empreendedorismo no Estado, a feira possibilita a geração de empregos e desenvolve a economia de Mato Grosso do Sul", explica. "A feira vai envolver cerca de 98% dos municípios através de caravanas e mais de 30 mil pessoas esperadas durante o evento", completa.

Entre os interessados que podem se beneficiar do encontro está o pequeno empresário. "Para o pequeno empreendedor, a feira apresenta as novidades do setor e todas as vantagens do meio. Para o empreendedor informal, o evento oferece as oportunidade de verificar como pode se formalizar", compartilha. "Já o empreendedor formalizado terá acesso a todas as ferramentas de gestão que uma micro e pequena empresa precisa ter para atingir o sucesso que ele deseja, o que é necessário para a empresa se organizar e ter uma vida financeira saudável", finaliza.

Espaços - A feira, que acontece em todos os estados brasileiros e, no Estado, a cada dois anos, oferece espaços de acordo com o interesse do participante. Empreendimentos sustentáveis ou do setor de agronegócios, noção de investimento para crianças e adolescentes, dicas de finanças e obtenção de crédito, assim como um espaço destinado apenas para iniciativas digitais, são alguns dos temas trabalhados durante a feira.

Serão oferecidas 13 palestras ao longo dos quatro dias de evento. Entre os especialistas convidados estão o administrador Gustavo Cerbasi, campeão na venda de vários livros sobre finanças, e Clóvis de Barros Filho, graduado em Direito e Jornalismo, e doutor em Ciências da Comunicação pela USP (Universidade de São Paulo).

Além desses, estão entre os palestrantes o ex-jogador de futebol Zico, Dudu Braga - filho do cantor Roberto Carlos - e Juliano Akira Kimura, especialista em importantes projetos nacionais de gerenciamento de inovação digital e gestão de mídias sociais.

Credenciamento ainda pode ser feito pelo site: www.feiradoempreendedorms.com.br. (Foto: Marcelo Calazans)Credenciamento ainda pode ser feito pelo site: www.feiradoempreendedorms.com.br. (Foto: Marcelo Calazans)

Crédito - Para o economista Tito Estanqueiro, diretor técnico do Sebrae/MS, o evento é uma ótima oportunidade para que o empreendedor aprofunde seu conhecimento no que diz respeito a investimentos e ao crédito. Em recente anúncio, o Banco Central tomou duas medidas que vão ceder R$ 25 bilhões para bancos. A ideia é que mais crédito seja concedido aos clientes e, assim, o crescimento da economia seja estimulado.

No entanto, apesar de a liberação de crédito ser fundamental, nem sempre é disso que o empreendimento precisa, como explica Tito. "O crédito estimula o empresário a melhorar sua empresa, promove investimentos e inovação, mas é preciso ter atenção: qual o custo desse crédito? Será que o impacto dessa prestação pode ser absorvido pelo fluxo-caixa da minha empresa?", questiona. "Mais de 60% dos empresários de MS estão atrás de dinheiro, quando, na verdade, esse não é o problema da empresa", alerta.

Segundo Tito, essas questões precisam ser pensadas pelo empreendedor antes de solicitar um empréstimo ao banco . "Afinal, se tenho um cadastro bom, o banco me dá dinheiro, mas não posso esquecer que depois vem o compromisso, ou seja, tenho que pagar a conta", completa.

Sobre isso, a Feira do Empreendedor oferece espaço para que dúvidas sejam esclarecidas. "Além de representantes do Banco do Brasil e da Caixa Econômica, teremos oficinas que mostrarão os cuidados necessários quando o objetivo é investir, financear e fazer uso do crédito", sugere.

Credenciamento - Os interessados em participar do evento ainda podem se inscrever pelo site www.feiradoempreendedorms.com.br. No site, é possível ter acesso à programação completa e detalhada.

A organização lembra que é fundamental que o credenciamento seja feito com antecedência e via internet para evitar filas e gerar melhor aproveitamento da feira. A confirmação da inscrição poderá ser feita no local, a partir de meia hora hora antes do evento. A Feira do Empreendedor é realizada pelo Sebrae em parceria com entidades reprentativas dos empresários de vários setores e, tem ainda, apoio do Poder Público e da iniciativa privada.

(Foto: Marcelo Calazans)(Foto: Marcelo Calazans)
(Foto: Marcelo Calazans)(Foto: Marcelo Calazans)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions