A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Setembro de 2016

03/06/2016 12:44

Feirão da Caixa quer reavivar “sonho da casa própria” de hoje até domingo

Caroline Maldonado
Abertura aconteceu na manhã de hoje; evento segue até domingo. (Foto: Carolina Maldonado)Abertura aconteceu na manhã de hoje; evento segue até domingo. (Foto: Carolina Maldonado)

Neste ano, o Feirão da Caixa ocorre no shopping Norte Sul Plaza. De hoje (3) até domingo (5), 15 estandes buscam chamar atenção e reavivar o “sonho da casa própria”, que ficou abalado no último ano. Conforme dados do banco, caiu de 5.872 para 5.524 o número de financiamentos efetuados em Mato Grosso do Sul, na comparação entre os primeiros cinco meses de 2015 e 2016.

Veja Mais
Bancos agora terão que substituir na hora nota falsa de caixa eletrônico
Feirão em junho vai negociar imóveis para quem quer comprar casa própria

Apesar da retração, as imobiliárias se mantêm otimistas com relação as vendas, na avaliação do gerente regional de Habitação da Caixa, Ubiratan Rebolsas. “Estamos com taxas muito competitivas e subsídios que são a oportunidade perfeita para quem quer comprar. Notícias ruins acabam amedrontando as pessoas, mas o que elas devem saber é que há boas condições nesse momento”, comentou o gerente na abertura da feira, nesta manhã.

A feira espera alcançar 5 mil interessados em imóveis que variam de R$ 107 a R$ 300 mil. Para o do presidente do Secovi (Sindicato da Habitação de MS), Marcos Augusto Netto, a feira é um momento que tem potencial para trazer à tona o desejo daqueles que querem comprar, mas se intimidam com as perspectivas econômicas do país.

“Temos os três elementos vitais para realizar as vendas. Temos produtos, financiamento com boas taxas e subsídios e o sonho da casa própria que só adormece, mas está vivo entre as famílias”, disse Marcos Augusto.

Ofertas – Para imóveis de até R$ 170 mil, os juros variam de 5,5 a 8,16 ao ano. Para os de mais de R$ 170 mil, as taxas vão de 10,68% a 11%. Os subsídios chegam a R$ 20 mil.

Entre os imóveis mais baratos, um apartamento de R$ 107 mil pode sair com parcelas em torno de R$ 500 para quem tem renda de até R$ 2.500. A Nova Cap oferece oportunidade de pagar a primeira parcela somente em julho de 2018. “Até lá, o cliente paga apenas o percentual de execução da obra”, explica o corretor, Luciano Rinaldi. O imóvel tem dois quartos, banheiro, sala de dois ambientes e cozinha, no Bairro Rita Vieira.

Para atrair quem pode comprar um apartamento de R$ 300 mil, a corretora oferece uma cozinha planejada de brinde para quem se interessar pelo imóvel na Avenida Monte Castelo, no bairro de mesmo nome. São três quartos, sendo uma suíte, banheiro, sala, cozinha, lavanderia e sacada gourmet. Neste caso, os juros variam de 7% a 11% e as parcelas são definidas de acordo com a renda do comprador.

Feirão em junho vai negociar imóveis para quem quer comprar casa própria
No primeiro fim de semana de junho, entre os dias 3 e 5, acontece a 13ª edição da Feira de Imóveis, realizada pelo Secovi/MS (Sindicato da Habitação ...
Serasa prorroga até o dia 28 feirão on-line de negociação de dívidas
A Serasa Experian prorrogou até o dia 28 de novembro o Super Feirão on-line, voltado para os consumidores que possuem dívidas com empresas. Quem quis...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions