A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Setembro de 2016

14/07/2016 08:29

Fórum aprova incentivos fiscais para oito empresas investirem em MS

Priscilla Peres
Reunião do fórum aconteceu ontem, em Campo Grande. (Foto: Nolli Corrêa/Semade)Reunião do fórum aconteceu ontem, em Campo Grande. (Foto: Nolli Corrêa/Semade)

O Fórum Deliberativo MS Indústria aprovou ontem, projetos de viabilidade econômica para ampliação de sete empresas e implantação de uma em Mato Grosso do Sul. Os investimentos em vários segmentos pelo interior do Estado, vão gerar 800 empregos diretos.

Veja Mais
Indústria de MS abre 550 vagas em maio, melhor resultado em dois anos
Indústrias de MS operam abaixo da capacidade e produção cai em abril

A reunião realizada ontem e presidida pelo secretário Jaime Verruck, que também preside o fórum, aprovou os incentivos fiscais para que oito indústrias façam investimentos no Estado. Entre os projetos aprovados, o principal é a implantação de uma fábrica de artefatos estampados em Metal no município de Bataguassu.

Além desse, outros sete projetos foram aprovados para ampliação das fábricas já existentes, sendo duas em Paranaíba - uma de produtos metais e outra de fabricação de produtos em ferro, aço e alumínio e uma indústria de curtimento e outras preparações de couro em Nova Andradina.

Em Mundo Novo, será ampliada uma indústria que atua no ramo vestuário, e em Três Lagoas ganhou incentivo uma indústria de produtos de aços trefilados e soldados e lã de aço. As outras duas são uma de confecção de peças e vestuários em Ribas do Rio Pardo e outra de comércio atacadista de panificação, congelados e massa em geral em Campo Grande.

Ainda durante a reunião, Jaime Verruck traçou um panorama da economia e do setor em Mato Grosso do Sul. Participaram do encontro técnico, os conselheiros Claudia Volpini da Fiems, Justino Mendes de Aquino da Famasul, Ricardo Kuminari da Fecomércio, Celina Costa Leal da FTI (Federação dos Trabalhadores da Indústria), Rafael Koelher Sanson da PGE (Procuradoria-Geral do Estado) e Sadi Depauli da OCB/MS (Organização das Cooperativas Brasileiras no estado).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions