A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 29 de Setembro de 2016

19/05/2016 11:28

Gasolina vai custar R$ 1,99 e remédio 46% a menos em dia sem imposto

Renata Volpe Haddad
No sábado (21) gasolina será vendida a R$ 1,99 com venda limitada de 15 litros por pessoa. (Foto: Divulgação)No sábado (21) gasolina será vendida a R$ 1,99 com venda limitada de 15 litros por pessoa. (Foto: Divulgação)

No próximo sábado (21) a gasolina que atualmente custa R$ 3,349 será vendida por R$ 1,99 em dois postos de combustíveis de Campo Grande. A ação faz parte do Feirão do Imposto promovida pela Conaje (Confederação Nacional dos Jovens Empresários) e os produtos comercializados no dia terão valor real, ou seja, sem imposto.

Veja Mais
Preço da gasolina varia R$ 0,30, mas só um posto vende abaixo de R$ 3,60
Com litro abaixo de R$ 3,50, gasolina de MS é a terceira mais barata do país

Serão ofertados 10 mil litros de gasolina no total e das 6h às 10h, no posto Biondo, localizado na rua Eduardo Santos Pereira, esquina com rua Padre João Crippa serão vendidos 5 mil litros e no posto Shiraishi 5, que fica na avenida Júlio de Castilho, 3.410 esquina com rua Yokoama, mais 5 mil litros.

A venda será limitada a 15 litros por veículo, o que beneficiará em média 334 consumidores e representa economia de quase R$ 21 por pessoa.

De acordo com o presidente do CJE-ACICG (Conselho dos Jovens Empresários ​da Associação Comercial) e coordenador do Feirão do Imposto, Marcos Silva, serão distribuídas senhas a partir das 6h e o abastecimento estará liberado a partir das 7h30, nos dois postos participantes do Feirão.

Medicamentos – Os medicamentos genéricos também serão vendidos sem impostos no bairro Coophavila II, na Drogaria América, localizada na rua da Península, nº 824 e Farmais, situada na Rua da Península, nº 626. O atendimento será das 7h às 22h. O preço de venda, com a dedução dos tributos chegará até 46% de redução do valor normal.

Não há limite de quantidade por pessoa e os produtos serão comercializados enquanto durarem os estoques.

Autoescola - Aulas práticas de direção em motos e carros também serão ofertadas pela autoescola Primeira Opção, situada na Rua 13 de Maio, 3075, no centro da Capital. De R$ 65,00, cada aula para automóvel sairá por R$ 31,85. No caso de aula para moto o valor passa de R$ 55,00 para R$ 26,95, uma redução de 51%. O atendimento será das 7h às 18h, com distribuição de senhas para aquisição no dia. O desconto vale para quem está tirando a primeira habilitação.

Interior – Em Jardim haverá comercialização de medicamentos sem imposto das 7h às 12h, sem limite de quantidade para aquisição, o estabelecimento participante será o Alphard - Farmácia de Manipulação localizado na Rua Paraná, 15, Vila Angélica.

Em Ribas do Rio Pardo vai ter comercialização de serviços gráficos com dedução de até 33 % de impostos, das 8h às 12h, sem limite de quantidade para aquisição, o estabelecimento participante é a Gráfica MS Impressões, localizada na Rua Jesuíno Álvares de Barros, 1352.

Em Três Lagoas estandes de diversas empresas e segmentos vão apresentar à população, de forma prática, a carga tributária dos produtos. A orientação será didática e o consumidor vai verificar qual o valor final com e sem imposto de produtos de supermercados, farmácias, combustíveis e outros. A feira se dará através de uma exposição, que ocorrerá na Avenida Rosário Congro, 810 no centro, ao lado da Feira Livre, o evento será das 7h às 12h.

Feirão - Em Mato Grosso do Sul a iniciativa ​é das entidades jovens empreendedoras e empresariais CJE/ ACICG (Conselho dos Jovens Empresários ​da Associação Comercial de Campo Grande), CDL Jovem CG (Câmara de Dirigentes Lojistas Jovem de Campo Grande), AJE/MS (Associação dos Jovens Empreendedores) ​e conta com o apoio do ​Sinpetro/MS (Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis, Lubrificantes e Lojas de Conveniência).




Esse tipo de ação é pura besteira. É um equívoco.
É uma ação que deseduca a população.
A população tem que ser educada que pagar imposto é correto e o que tem que ser fiscalizada por ela é a aplicação desse imposto.
Quem não quer pagar imposto, que vá morar na Bolívia ou no Paraguay e arque com as consequências.
 
Critico em 19/05/2016 12:10:02
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions