A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

06/01/2015 13:57

Governador vai exigir que redução de ICMS chegue ao consumidor de etanol

Caroline Maldonado e Leonardo Rocha
Governador disse que está fazendo estudo dos custos para reduzir ICMS de Etanol e Diesel (Foto: Marcos Ermínio)Governador disse que está fazendo estudo dos custos para reduzir ICMS de Etanol e Diesel (Foto: Marcos Ermínio)

Com geração média de 185 milhões de litros de etanol por mês, Mato Grosso do Sul é o quarto maior produtor do país, porém o consumidor ainda paga caro pelo combustível no Estado. O governador Reinaldo Azambuja (PSDB), prevê reduzir o preço do etanol e do diesel, diminuindo o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e disse estar fazendo estudos para definir valores e cumprir a promessa de campanha.

Veja Mais
Fazenda fará estudo para reduzir ICMS sobre óleo diesel e etanol
Negociação pode por fim a greve dos bancários que completa 22 dias hoje

O governador destacou, no entanto, que reduzir o preço ao consumidor é uma tarefa que exigirá compromisso da parte dos revendedores. “A redução do ICMS precisa chegar na ponta para o consumidor, porque não adianta a gente diminuir em cima e essa redução não chegar em baixo”, disse Reinaldo.

Segundo o governador, o secretário de Estado de Fazenda, Márcio Monteiro está fazendo levantamento das contas, cujo resultado deve ser apresentado no final desta semana. Com isso, o governador irá definir a redução na alíquota do etanol e diesel.

Além de reduzir o custo final dos combustíveis, o governador pretende gerar mais competitividade para o Estado. “Apesar do Governo Federal ter quer aumentar os impostos esse ano devido a crise financeira, nós vamos desonerar impostos em Mato Grosso do Sul, entre eles do óleo diesel e etanol”, disse.

Para aumentar a arrecadação sem elevar os imposto, Reinaldo detalhou as estratégias já traçadas por sua gestão. “A gente pode arrecadar bem, com eficiência fiscal, buscando recursos que ainda não estão entrando no cofre, fortalecendo as estruturas do fisco, usando tecnologia de informação e fazendo cruzamento de dados”, explicou o governador.

Preço do etanol deve cair para o consumidor com redução do ICMS.  (Foto: Marcos Ermínio)Preço do etanol deve cair para o consumidor com redução do ICMS. (Foto: Marcos Ermínio)

Etanol – Com 2,23 bilhões de litros de etanol gerados na safra 2013/2014, o Estado prevê aumentar a produção em 12% na safra atual, que se estende até meados deste ano.

Na safra 2014/2015, as usinas do Estado devem gerar 2,5 bilhões de litros de etanol, de acordo com previsão da Biosul (Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul), que faz levantamento quinzenal da produção de cana-de-açúcar e derivados no Estado.

A produção de etanol deve crescer em função da elevação do volume de cana a ser colhido nesta safra. A Biosul, estima a colheita de 43,3 milhões de toneladas com o fim da safra atual, contra 41,96 milhões de toneladas do ciclo passado.

Preços – De acordo com levantamento da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), o preço médio do litro do etanol nas distribuidoras é de R$ 1,869, mas o produto chega ao consumidor por R$ 2,164, em Mato Grosso do Sul.

O preço médio do litro do diesel, por sua vez, é de R$ 2,465 nas distribuidoras e sai por R$ 2,784 ao consumidor; enquanto o litro do Diesel S10 sai por preço médio de R$ 2,610 na distribuidora e chega ao consumidor por R$ 2,916.




Se no Estado de São Paulo o etanol é vendido a R$ 1,79, R$ 1,84 ou R$ 1,89, então é impossivel que nas distribuidoras o valor seja de R$ 1,86. Acorda povo sul-matogrossense, tem coisa errada aqui.
 
Pacificador em 06/01/2015 16:51:30
Olha a mentira ae, se no Estado de São Paulo o etanol já é vendido a 1,84, e em muitas cidades a 1,79, então é impossível que nas distribuidoras o valor seja de 1,86, lá ninguem está distribuindo etanol de graça. Tem coisa errada ae. Vamos acordar povo Sul-matogrossense.
 
Pacificador em 06/01/2015 16:48:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions