A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Setembro de 2016

11/05/2015 15:23

Governo analisa pedido de redução do ICMS da energia em dois segmentos rurais

Renata Volpe Haddad e Caroline Maldonado
Secretário de Desenvolvimento Econômico, Verruck falou hoje durante evento. (Foto: Marcos Ermínio)Secretário de Desenvolvimento Econômico, Verruck falou hoje durante evento. (Foto: Marcos Ermínio)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) está avaliando pedido do segmento da avicultura do Estado, para a redução da carga tributária estadual sobre a energia elétrica, aumentada em 11,85% em 2013, segundo a Avimasul (Associação dos Avicultores de Mato Grosso do Sul).

Veja Mais
Preço da energia pesa no bolso e prejudica produção avícola estadual
Com exportação em alta, avicultura tem cenário positivo em MS

De acordo com o secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck, Azambuja está fazendo um estudo na área de avicultura e suinocultura, além do setor produtivo que são as indústrias, componentes importantes para Mato Grosso do Sul. "O problema é que menos de 10% dos avicultores do Estado não tem a medição do aviário, mas sim de toda a propriedade e o governo quer dar benefícios para o aviário e não para a propriedade", afirmou o secretário.

Em março, representantes da Avimasul se reuniram com secretários solicitando ações para que o setor não sofresse retrocesso em função do elevado custo para produzir, já que o preço pago pela energia elétrica só não sai mais cara que a mão de obra."O foco hoje é o setor produtivo e estamos mais voltados para a avicultura e suinocultura e queremos descobrir como podemos fazer uma redução no preço da energia elétrica para tornar esses dois setores mais competitivos", explicou.

No mesmo mês, a Fiems (Federação da Indústria) e Fecomércio (Federação do Comércio) pediram que o governador reduzisse a alíquota de ICMS de 17% para 12%, nos períodos de bandeira tarifária vermelha. A medida vale apenas para o setor produtivo, responsável por 35% da energia consumida pelo Estado.

Fomento - Verruck comentou que o governo quer criar um programa estadual de fomento à suinocultura e avicultura e está se reunindo com as indústrias JBS e BR Foods para que possa ser feita a expansão desses segmentos no Estado. "Para isso daríamos um benefício para o produtor, que melhorariam a margem de ganho deles", afirmou.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions