A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Setembro de 2016

09/06/2015 12:06

Governo anuncia R$ 4,9 bilhões para construção de ferrovia em MS

Priscilla Peres
Presidente Dilma Roussef lançou o programa nesta manhã. (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)Presidente Dilma Roussef lançou o programa nesta manhã. (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)
Dados do Ministério do Desenvolvimento mostram ferrovia que passará por MS. (Foto: Reprodução)Dados do Ministério do Desenvolvimento mostram ferrovia que passará por MS. (Foto: Reprodução)

 

Veja Mais
Dilma deve anunciar privatização de mais 2 rodovias de MS, diz Reinaldo
Com trechos parados em MS, Rumo ALL investe R$ 2 bilhões no Paraná

O governo Federal pretende investir R$ 4,9 bilhões na construção da ferrovia Norte-Sul, que sairá de Goiás, passará por São Paulo e chegará em Três Lagoas, Mato Grosso do Sul. A nova etapa do Programa de Investimento em Logística foi lançada hoje, com o intuito de modernizar a infraestrutura de transportes do país.

A previsão é de que sejam investidos R$ 86,4 bilhões em ferrovias de todo o país, que vão contribuir para o escoamento de grãos que cresce a cada ano. Em Mato Grosso do Sul, atualmente há apenas uma ferrovia que é uma concessão da Rumo ALL e foi desativada recentemente.

A ferrovia Norte-Sul, lançada hoje, sai de Anápolis (GO), passa por Estrela D'Oeste (SP) e chega até Três Lagoas (MS) e terá 895 km de extensão. Os R$ 4,9 bilhões serão investidos na conclusão do corredor Norte-Sul no trecho Sul, com interligação com polo agroindustrial em Mato Grosso do Sul.

Três Lagoas reúne várias indústrias importantes para a economia do país. Considerada a capital da Celulose, a cidade é sede das duas principais indústrias do setor, a Eldorado Brasil e a Fibria, que recentemente anunciaram que pretendem duplicar suas produções. O falta da ferrovia para a região, exige que empresas mudam suas estratégias de mercado e consequentemente, percam o interesse pelos investimento no Estado.

Esse ramal será a continuação da atual ferrovia Norte-Sul, que sai de Belém do Pará e chegará até Porto Murtinho (MS), mas que atualmente termina em Goiás. Esse trecho foi inaugurado este ano, após 27 anos do início do projeto, com o propósito de interligar a malha ferroviária e diminuir custos de transporte.

Sobre o lançamento de hoje, o governo Federal não detalha a previsão de início e conclusão das obras. Apenas afirma que os investimentos serão feitos com o intuito de contribuir com o desenvolvimento do país.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions